noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Como funciona a máquina de fazer dinheiro do Barcelona?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 9,974

Pin Arthur Melo está prestes a ir à Juventus. EFE / Domenech Castelló/Arquivo
Arthur Melo está prestes a ir à Juventus. EFE / Domenech Castelló/Arquivo

Como funciona a máquina de fazer dinheiro do Barcelona?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 9,974

A saída do meia brasileiro destaca que algo tão fortuito quanto o futebol faz tremer uma máquina tão lucrativa.

Arthur trocará o Barcelona pela Juventus, de acordo com informações divulgadas por diversos veículos de imprensa da Europa. No entanto, engana-se quem pensa que a possível saída do meia trata-se de questão técnica. Na verdade, o real motivo é o fator financeiro, uma vez que o conselho de Bartomeu vive e satisfaz as aspirações pecuniárias de uma força de trabalho tão antiga quanto supervalorizada.

A saída de Arthur, que ainda pode envolver a ida de Pjanic para o time catalão, fará um balanço de contas porque é incompreensível - também em termos financeiros a médio e longo prazo - trocar um jogador de 23 anos por outro de 30 anos.

Se deixar de lado a paixão e fazer o exercício de revisar o valor real e o salário de cada membro da equipe catalã, o torcedor poderá entender melhor. Ter Stegen, Lenglet, De Jong, Griezmann e Arthur - Messi sempre à margem, é claro - são os únicos jogadores de futebol em quem se pode entrar em um pico, apesar de o atacante francês e o meia brasileiro estarem claramente em desvantagem, como em seu tempo, Coutinho, cuja avaliação foi reduzida em dois terços desde que a camisa do Barça foi vestida. Em outras palavras, o Barcelona tem apenas alguns jogadores de nível superior.

O modelo mais caro do mundo

É difícil entender que essa equipe formada por apenas 18 jogadores de futebol é a mais cara do planeta em termos de salários. Nem se compara às grandes ocasiões dos últimos anos, como ficou claro em Paris, Turim, Roma ou Liverpool, com um golpe de 6 a 1 contra o PSG, que também não serviu de nada. Até o Athletic se aproximou de um resultado surpreendente, quando os catalães venceram por um placar magro por 1 a 0, na última terça-feira (23), pela 31ª rodada do Campeonato Espanhol.

Há cinco meses sob o comando de Setien, o time não é líder, não tem equilíbrio e não houve mudança significativa, já que os jovens jogam menos agora do que com Valverde. Nesta máquina de ganhar dinheiro, algo tão imprevisível e fortuito quanto o futebol incomoda.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 51K RANK 1
LEITURAS 143M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook