noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Queiroz volta a reclamar de lance com CR7, critica Quaresma... e recebe uma resposta dura

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,858

Pin Queiroz bastante criticado. Goal
Queiroz bastante criticado. Goal

Queiroz volta a reclamar de lance com CR7, critica Quaresma... e recebe uma resposta dura

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,858

O treinador do Irã garante estar na torcida pelo título de Portugal, mas clima é de tensão após eliminação.

Tinha tudo para ser um reencontro amigável. Afinal de contas, Carlos Queiroz reencontraria amigos com quem trabalhou representando o seu país.

Entretanto, o saldo final após o empate em 1 a 1 entre Portugal e Irã, que classificou os lusos para as oitavas de final, também marcou uma grande ruptura nas relações dos atletas com o antecessor de Fernando Santos.

Logo após o apito final, apenas Adrien, Bruno Alves e Beto foram cumprimentar Queiroz, que foi treinador de Portugal entre 2008 e 2010. O comandante não escondeu a sua mágoa, e embora faça questão de deixar claro sua torcida pelo título português, vem causando polêmicas por declarações a respeito de Cristiano Ronaldo e Ricardo Quaresma.

As palavras em relação a Quaresma foram as mais fortes, e por isso renderam uma resposta dura do meia-atacante – que fez um golaço contra o Irã de Queiroz.

Quaresma e Cristiano Ronaldo

Se todos os treinadores que ele [Quaresma] teve falassem dele, ficariam alguns anos a falar. Todos, desde o Sporting ao Porto. É melhor ficarmos por aqui. Se tiver de dizer alguma coisa sobre mim, que tenha coragem e diga agora”, afirmou Queiroz em longa entrevista ao 'Público'.

Através de seu Instagram, Quaresma disse sofrer de preconceito pelas origens ciganas e se referiu ao técnico do Irã como “burro”.

"Amigos, se é verdade que o povo diz que se deve ter sempre um olho no burro e outro no cigano também é verdade que vozes de burro não chegam ao céu”, escreveu.

POLÊMICAS COM CR7

A guerra de palavras entre Queiroz e alguns de seus ex-comandados chega até a grande estrela da companhia.

Sem falar com Cristiano Ronaldo desde 2010, Calos Queiroz criticou a não-expulsão do camisa 7 após disputa com jogador iraniano e disparou que o árbitro não teve coragem de expulsar o melhor do mundo.

“É claro e óbvio que o árbitro depois de ter sido pressionado pela equipa portuguesa não teve coragem. Mas não foi só isso. Logo a seguir o Cristiano interceptou uma bola com a mão no ar e não lhe é mostrado segundo amarelo”, disse.

‘A história da Federação Portuguesa de Futebol não começou na ilha da Madeira com Cristiano Ronaldo. Começou muito antes”, completou.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 36K RANK 1
LEITURAS 116M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook