noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Quem será o novo treinador do Palmeiras?

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 283

Pin Quem será o novo treinador do Palmeiras. EFE/Sebastiao Moreira
Quem será o novo treinador do Palmeiras. EFE/Sebastiao Moreira

Quem será o novo treinador do Palmeiras?

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 283

Após a demissão de Vanderlei Luxemburgo, a diretoria do Palmeiras trabalha para encontrar um novo técnico para a equipe.

Segue a procura do Palmeiras por um novo treinador. O time está sem um comandante desde a demissão de Luxemburgo, que não resistiu aos maus resultados e foi demitido no dia 14 de outubro, após nova derrota, desta vez para o Coritiba, em pleno Allianz Parque, por 3 a 1. Agora, a diretoria trabalha para contratar um novo técnico para liderar a equipe no restante da temporada. Mas quem pode ser o novo técnico do Alviverde?

Mais de dez dias após a queda de Luxemburgo, a equipe palestrina continua sendo comandado pelo interino Andrey Lopes. O candidato favorito nos bastidores era Miguel Ángel Ramirez, do Independiente del Valle. O espanhol queria terminar a Libertadores com o time equatoriano antes de assumir o Alviverde, mas a diretoria quer alguém que assuma imediatamente o time.

O espanhol faz um trabalho de destaque no Del Valle - que goleou o Flamengo por 5 a 0 na Libertadores deste ano e conquistou a Sul-Americana na temporada passada -, e já era desejo de boa parte da torcida Alviverde ao longo de 2020, mesmo enquanto Luxemburgo ainda ocupava o cargo. 

O acerto entre Palmeiras e Ramírez, no entanto, esteve perto de acontecer. As partes já tinham detalhes burocráticos acertados e o projeto apresentado pela diretoria do clube agradou o treinador.

Agora, a procura deve tomar outros rumos e outros nomes estrangeiros ainda estão na pauta palmeirense.

No início do ano, antes da chegada de Luxemburgo, o Palmeiras chegou a conversar com o argentino Jorge Sampaoli, mas o negócio não avançou. Agora, ele está no Atlético-MG, que disputa o título do Brasileirão, e não deve ser opção novamente.

Ariel Holan, treinador da Universidad Católica, do Chile, também foi procurado pela diretoria palmeirense - como apurado pela Goal. No entanto, La U não quer abrir mão de seu treinador no meio da disputa do Campeonato Chileno e com a Sul-Americana pela frente. As conversas entre Holan e Palmeiras foram encerradas e o argentino segue no time de Santiago.

O mesmo aconteceu com Sebatian Beccacece, outro argentino que o Palmeiras tentou contratar. O jornal Clarín, da Argentina, confirmou que o jovem treinador de 39 anos foi procurado pelo clube da Barra Funda, mas Beccacece não quis deixar o comando do Racing - assim como o Alviverde, o clube de Avellaneda está nas oitavas de final da Libertadores e terá o Flamengo pela frente.

O Marca, da Espanha, apurou que Quique Setién, que comandava o Barcelona na vexaminosa goleada sofrida por 8 a 2 pelo Bayern de Munique, também está na pauta - informação confirmada pelo Globo Esporte. Seu nome seria uma clara indicação de que a diretoria palestrina pretende ir atrás daquilo que chamou de "conceito de jogo".

Segundo Ricardo Perrone, do Uol, Setién já soube do interesse do Palmeiras e vê com bons olhos a possibilidade de treinar a equipe. O salário que o Alviverde pretende dar ao espanhol seria um pouco maior ao oferecido a Ramírez.

Um dos treinadores favoritos da torcida palmeirense é Gabriel Heinze, nome muito falado nas redes sociais. O ex-lateral esquerdo está sem clube desde março deste ano, quando deixou o comando do Vélez. Aos 42 anos, o argentino está no começo da carreira fora do campo de jogo e é considerado um dos mais promissores de sua geração.

Gustavo Munúa, treinador do Nacional do Uruguai, e Guillermo Barros Schelotto, atualmente no comando do Los Angeles Galaxy, também agradam a diretoria palmeirense. O segundo, inclusive, foi considerado um "plano B" se a negociação com Ramírez não se concretizasse - o que aconteceu.

Schelotto está pressionado no clube de Los Angeles, que ocupa a última colocação na Conferência Oeste da MLS. Em 2018, o argentino comandou o Boca Juniors até a final da Libertadores e foi derrotado pelo rival River Plate na decisão no Santiago Bernabéu.

Porém, conseguir tirar o argentino do Galaxy é uma missão muito difícil, pois tem contrato com o time estadunidense. Paulo Vinícius Coelho, em seu blog no Globo Esporte, publicou uma conversa com treinador. "Me encantaria trabalhar no Brasil. Sou um grande fã do futebol brasileiro", disse Schelotto.

"As pessoas nunca sabem exatamente o que se passa amanhã. Hoje estou aqui no Los Angeles Galaxy. Amanhã... Quem sabe?", completou. Perguntado por PVC sobre como vê o Alviverde, Schelotto se limitou a dizer: "O Palmeiras é como o Boca Juniors".

Apesar dos treinadores estrangeiros estarem em alta com a torcida, o presidente do clube garantiu que esse não será um fator determinante na contratação do novo comandante. 

“Se o técnico será brasileiro ou estrangeiro, não é isso que vai definir. O que vai definir é o conceito de jogo. O Palmeiras já há algum tempo não vem fazendo isso, não só na minha gestão. A gente não definiu o modelo, a forma que quer trabalhar. Isso tem que ser feito", comentou Maurício Galiotte.

Vamos trabalhar em cima de modelo, conceito de jogo, do que acreditamos que deva ser implementado. É o mesmo discurso do final do ano [após a demissão de Mano Menezes]. Não conseguimos ainda porque o Palmeiras precisava passar por reestruturação”, completou.

Danilo Lavieri, colunista do Uol, antecipou que a vinda de Ramírez seria difícil e que o Palmeiras já monitorava outros nomes daqui do Brasil. Os favoritos seriam Rogério Ceni (atualmente no Fortaleza) e Guto Ferreira, do Ceará.

O ex-goleiro, porém, esbarra na história que tem no São Paulo, rival do Verdão, e pode oferecer alguam resistência para acertar com o Palmeiras. Recentemente, o Fortaleza de Ceni bateu o Alviverde por 2 a 0, uma vitória consistente no Castelão.

"Gordiola", como Guto Ferreira é carinhosamente chamado, é visto como uma opção mais realista do que Ceni. A Goal apurou que conversas iniciais já aconteceram. Até o momento, no entanto, Guto segue no comando do Ceará.

O estilo de treinador que o Palmeiras procura no mercado não foi revelado, mas um ponto importante nas últimas escolhas de Galiotte foi a experiência. Após apostar em nomes como Roger Machado e Eduardo Batista, o clube deu sequência a técnicos mais consagrados como Felipão, Mano Menezes e Luxemburgo.

Enquanto isso, a equipe será comandada pelo auxiliar Andrey Lopes. O próximo confronto do Alviverde paulista pelo Brasileirão é diante do Tigre-ARG, nesta quarta-feira, 21, no Allianz Parque. O clube já está classificado para as oitavas de final e joga com o laterna do grupo na última rodada para garantir o primeiro lugar.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 59K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook