noscript image

"Saí do maior da América para o Melhor do Mundo"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,482

Pin Vinicius falou sobre vários temas em entrevista ao Esporte Espetacular. EFE/ Pedro Martins/Nike
Vinicius falou sobre vários temas em entrevista ao Esporte Espetacular. EFE/ Pedro Martins/Nike

"Saí do maior da América para o Melhor do Mundo"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 2,482

Vinicius esteve no Brasil na última semana para lançar a nova camisa da Seleção Brasileira e aproveitou para conceder uma entrevista ao 'Esporte Espetacular', para falar sobre a sua vida no Real Madrid.

Em entrevista ao Esporte Espetacular da TV Globo, o jovem talento do Real Madrid falou sobre diversos temas como a vida em Madri, a sua relação com os treinadores, a lesão que sofreu, entre outros temas. 

O atacante esteve rapidamente no Brasil para o lançamento da nova camisa da Seleção Brasileira, que será usada na Copa América 2019. 

O Real Madrid de Zidane

"Ele faz de tudo para você se preocupar somente em jogar futebol, e isso é o que faz o jogador ficar feliz. Sabe que vai entrar em campo e pode correr não por ele, mas por todos os jogadores e a camisa que veste também. E quando um cara assim, que jogou muito, está no banco de reservas e fala um negócio, você presta atenção, né? Às vezes, a gente fica até um pouco nervoso quando vai falar com ele", disse o jovem. 

Sobre a temporada do Real, que não ganhou nenhum título na atual campanha e sofreu com duras eliminações nas principais competições que disputou, Vinicius quis passar tranquilidade. 

"Ficaram mil dias sendo os melhores da Europa, então, o pessoal está muito tranquilo. Eles sabem que eles são os melhores, que uma hora perderiam, e a gente acha que foi no momento certo para voltar mais forte na próxima temporada."

As críticas recebidas

Junto com a fama também vem as críticas, e com Vinicius não foi diferente. O jogador vinha sendo a esperança do madridismo até a sua lesão, mas sofria com as críticas, principalmente, sobre a quantidade de gols perdidos pelo jovem. 

"Eu saí do maior da América para o Melhor do Mundo. Sempre vão torcer contra a gente, né? E eu fico tranquilo, porque eu jogo do lado dos melhores agora, jogo no maior time do mundo, jogava no Flamengo, que era o maior aqui também, com a maior torcida, e eu não escuto o pessoal da internet. Escuto o pessoal de casa, que quer o meu bem, sabe o que eu tenho que fazer, o que eu trabalho, o que eu fiz muito tempo para chegar nesse momento. Falaram até que eu não vestiria a camisa do Real. Quando eu estava jogando no time B, eu mesmo pedia para jogar, porque é melhor do que ficar em casa", confessou Vinicius. 

A lesão e a Copa América

Vinicius iria fazer a sua estreia com a camisa da Seleção Brasileira principal, mas acabou sofrendo uma lesão na partida contra o Ajax pela Champions League, onde rompeu os ligamentos do tornozelo e acabou sendo cortado por Tite. 

"Tudo tem seu momento, né? Não era o momento, e o pessoal do clube está me tratando muito bem, o Marcelo e o Casemiro sempre me deixando com a cabeça tranquila de que o momento vai chegar. Chegou no Madri, chegou no Flamengo e eu acabei aproveitando muito bem. O que me ajudou muito foi a minha família em casa também. De sempre estar feliz, sempre estar querendo melhorar e evoluindo a cada dia."

BeSoccer

BeSoccer

noticias 27K RANK 1
LEITURAS 90M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook