noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Salvo por Oblak

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 951

Pin Atlético vence o Levante em casa graças a Oblak que salvou o time no final. EFE/David Fernández
Atlético vence o Levante em casa graças a Oblak que salvou o time no final. EFE/David Fernández

Salvo por Oblak

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 951

Atlético de Madrid soma três pontos contra o Levante e inicia 2020 com uma melhora no quesito gols, assunto que ainda estava pendente em 2019. Uma coisa que não mudou, e felizmente para eles, foi a condição de salvador de Jan Oblak , que evitou o empate aos 93 'com uma parada brutal diante de Bardhi.

A equipe de Simeone vence o Levante ainda no primeiro tempo, consegue administrar o placar quase todo o jogo, mas o real responsável por levar esse crédito é uma pessoa, Jan Oblak.

O Atlético parecia outro neste 2020. Poucas promessas de ano novo foram cumpridas até o momento, mas, aos 18 minutos de jogo o Wanda Metropolitano registrou dois gols de sua equipe. E um do Levante, a propósito. A falta de gols e a quantidade de empates em zero, são duas das críticas que sobrevoaram Simeone e seus jogadores. Mas isso parecia ter mudado de maneira espetacular.

Correa demorou 13 minutos para abrir o placar, embora poderia ter demorado apenas 40 segundos se Morata, João Félix e Saúl não tivessem perdido os três lances em sequência no início do jogo. Essas bolas não tinham uma estrela para guiá-las em direção ao gol. Mesmo assim, a torcida não teve que esperar muito para comemorar o gol do argentino, que jogou pin-pong com Trippier para marcar o 1 a 0. De primeira a assistência e de primeira o gol. 

Mas o sorriso durou três minutos no Wanda. Morata também pretendia deixar o seu. E o fez, porém,  contra seu próprio gol, já que ele desviou o chute de Roger e impediu Oblak de evitar o empate em 1-1 aos 16'.

Antes que tivesse tempo de aparecer burburinhos no lado rojiblanco, Felipe marcou o segundo aos 18'. O brasileiro botou sua equipe novamente na frente após um ótimo lançamento de Renan Lodi. Os torcedores se entreolharam com a surpresa e satisfação de quem estava realizando algo não tão comum nos últimos tempos.

Pouco mais (também não dá para ser muito exigente) aconteceu no primeiro tempo. João Felix tentou marcar de seu campo, apesar de apenas surpreender as câmeras, e Saúl confirmou que não era seu dia de ficar cara a cara com o gol após um chute desviado da frente.

O Levante começou a segunda parte com um pouco de coragem, embora tenha ido perdendo o volume com o passar dos minutos. Suas armas não conseguiram furar a defesa rival, mas nem os donos da casa. A miragem foi confirmada e João Félix, em duas ocasiões, Trippier, Morata, Saul e companhia continuaram pedindo a chegada de um '9' goleador.

Bardhi teve uma boa chance de perigo mas novamente se deparou com o gigante Oblak debaixo da trave adversária. Não satisfeito com a primeira defesa em um chute do macedônio, Oblak ainda teve tempo de fazer a segunda. E que defesa! À queima roupa o arqueiro pegou uma cabeçada potente e mandou para a linha de fundo. Daquelas dignas de colocar em seu vídeo pessoal de defesas.

A jogada ainda teve a participação do VAR, que pouco se entendeu o motivo e logo em seguida o jogo chegou ao fim.  O Atlético soma sua terceira vitória consecutiva, melhora levemente sua taxa de gols e sobe para terceiro colocado se aproximando de Barcelona e Real Madrid. Por outro lado, o Levante frea sua boa sequência e seguem na zona mista da tabela.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 44K RANK 1
LEITURAS 133M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook