noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Sampaoli tem bom aproveitamento, mas Peixe aguenta o ritmo?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 2 634

Pin Sampaoli tem bom aproveitamento no Santos. Goal
Sampaoli tem bom aproveitamento no Santos. Goal

Sampaoli tem bom aproveitamento, mas Peixe aguenta o ritmo?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 2 634

Estilo ofensivo obriga o treinador a realizar rodízios, mas equipe não consegue manter desempenho

Desde que chegou ao Santos no início, Jorge Sampaoli tem sido destaque no noticiário, seja pelo estilo ofensivo que trouxe ao Peixe, pelo carinho que recebe dos torcedores, ou pelas derrotas que, apesar de serem minoria em sua caminhada no clube até aqui, também chamam atenção, já que o time sofreu três goleadas na temporada.

Sob o comando de Sampaoli em 2019, o Peixe tem aproveitamento de 61,11% e prioriza a posse e bola, buscando ser objetivo tanto dentro, quanto longe de seus domínios. Confira os números da equipe: 

No entanto, o forte ritmo imposto nas partidas tem obrigado Sampaoli a fazer rodízios no elenco alvinegro. E quando há as mudanças de peças, o Santos não consegue repetir o desempenho, isso sem citar a carência por um centroavante que o clube sofre desde o ano passado..

Além disso, mesmo quando atua "com o que tem de melhor", o Santos sofre quando encontra equipes bem postadas defensivamente, como nos clássicos contra o Corinthians pelo Paulistão e o próprio Palmeiras, sentindo falta de um "plano B", seja por esquema tático, ou então por algum jogador que possa desequilibrar em campo.

Até o momento, quem tem sido esse "cara" no Peixe, é o jovem Rodrygo. Mas o atacante está de malas prontas para vestir a camisa do Real Madrid e, inclusive, se não for dispensado da Seleção Olímpica, pode se despedir da torcida santista já no duelo contra o Internacional neste domingo (26), às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro. Marinho, que foi apresentado neste sábado (25), pode ser mais um a trazer a individualidade ao setor ofensivo santista.

O cenário não é de crise, alarmante ou preocupante na Vila Belmiro. Afinal, a derrota para o Palmeiras foi a primeira no Campeonato Brasileiro e o Peixe, pelo que tem demonstrado na maioria das partidas, mostra que irá lutar para ficar entre os melhores. Entretanto, a julgar pela longa jornada na competição nacional, além da Copa do Brasil, e também os elencos de alguns rivais com maior poderio financeiro, o Peixe, com grupo mais enxuto, exigirá ainda mais criatividade de Sampaoli para brigar pelas taças.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 34K RANK 1
LEITURAS 113M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook