noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Sevilla brilha e deixa a Roma com hematoma

Pin Sevilla está nas quartas da Liga Europa. AFP
Sevilla está nas quartas da Liga Europa. AFP

Sevilla brilha e deixa a Roma com hematoma

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccer_es - 0 2,722

O Sevilla enfrentou a Roma na Alemanha e conseguiu uma vitória em jogo no qual foi superior todo o tempo, mostrando que tem tudo para conquistar a Liga Europa.

A MSV-Arena, em Duisburg, na Alemanha, foi o palco para o jogo entra o Sevilla e a Roma. Os de Lopetegui foram bastante superiores desde o início e mostraram para a equipe italiana o motivo de a Liga Europa ser a competição favorita da equipe espanhola.

Apesar de um breve início equilibrado, a partida começou a pender para o lado da equipe do Sevilla graças a uma marcação alta sem dar espaço para uma Roma que estava dependendo de talentos individuais por conta de falta de atacantes para criar jogadas.

Em apenas quatro minutos, três lances perigosos saíram da equipe da Espanha. En-Nesyri chegou em rápido contra-ataque e chutou cruzado, mas López ficou com a bola.

Em seguida, Banega fez corte em linha de fundo, avançou até a entrada da pequena área e foi desarmado por Mancini no último momento.

Logo depois, Ocampos pegou sobra de escanteio e soltou uma bomba da intermediária. Pau López pulou e tirou para escanteio com a ponta dos dedos.

E Koundé ainda cabeceou uma bola no travessão antes de sua equipe abrir o placar dez minutos depois.

Em uma bela arrancada de Reguilón, ele invade a área, chega na pequena área e toca no cantinho do gol. Um golaço para impôr respeito.

Após uma bomba de Zaniolo desviada para colocar medo no Sevilla, um outro lance italiano assustou a equipe que estava na frente. Spinazzola fez cruzamento em linha de fundo e a bola chegou redondinha para Bruno Peres, que tocou na bola mas não conseguiu dominar e acabou entregando a bola ao Sevilla.

No fim do 1º tempo, a coisa complica ainda mais para a Roma com o segundo gol do SevillaOcampos recebeu longa enfiada de Jordán, se livrou do marcador e ficou sozinho. Ele entrou na linha de fundo, tocou para o meio da pequena área e En-Nesyri empurrou para o gol livre.

No segundo tempo, a Roma ainda tentou insistir com Mkhitaryan e Cristante, mas faltou maior talento individual.

O Sevilla não desistiu e continuou pressionando e ainda teve o terceiro gol anulado por impedimento.

O jogo chegou ao fim com uma Roma que não soube reagir a um Sevilla imponente e que mereceu sua vaga nas quartas de final da Liga Europa. O seu rival sairá do duelo entre Wolverhampton e Olympiacos.

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 219 RANK 13
LEITURAS 857K RANK 13
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook