noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

Substituição extra para concussões será testada

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 648

Pin Substituição extra para concussões será testada. EFE/EPA/John Walton
Substituição extra para concussões será testada. EFE/EPA/John Walton

Substituição extra para concussões será testada

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 648

Decisão foi tomada em conjunto com médicos especialistas e experiências começam já em janeiro de 2021.

A Fifa anunciou nesta quarta-feira, 16, a aprovação da fase de teste de uma mudança nas substituições. A partir de janeiro de 2021, será testado em jogos a possibilidade de substituição de um jogador em caso de concussão, seja esta constatada de fato ou por suspeitas.

A decisão foi tomada em conjunto com a International Football Association Board (IFAB) e Concussion Expert Group (CEG), um grupo de médicos especialistas em concussões, médicos de equipes de futebol e representantes de jogadores.

O que muda com a decisão?

Por enquanto, a aplicação desta substituição passará por uma fase de testes. Ainda não há uma definição sobre quais ligas testarão esta mudança. As confederações e organizadores de competições (por meio de suas federações de futebol) interessados ​​em participar dessas provas devem se manifestar junto à IFAB e à Fifa e devem garantir que os protocolos sejam usados ​​em sua totalidade e que o feedback exigido seja enviado.

Para as confederações e competições que adotarem esta nova medida, valerá a seguinte regra: jogadores com concussão (ou suspeita) poderão ser substituídos sem que o time perca uma das substiuições que normalmente seriam possíveis.

O que é concussão?

Concussão é uma lesão cerebral causada por uma pancada na cabeça ou uma agitação violenta da cabeça e do corpo. Ocorre devido a uma pancada leve na cabeça, com ou sem perda de consciência, e pode levar a sintomas cognitivos temporários.

No futebol, é comum acontecer em choques entre dois jogadores quando disputam uma bola aérea. O caso de Christoph Kramer é um dos mais conhecidos no esporte. Na final da Copa do Mundo de 2014, o alemão se chocou com Ezequiel Garay e teve uma concussão. Desorientado, tentou voltar a jogar, mas teve que ser substuído minutos depois.

Ainda em 2014, Alvaro Pereira protagonizou cenas parecidas em duas oportunidades. A primeira também foi na Copa do Mundo, no jogo Uruguai x Inglaterra, quando perdeu a consciência após um choque com Raheem Sterling, mas depois pediu para voltar a jogar. Meses depois, com a camisa do São Paulo, Alvaro perdeu a consciência em um jogo do Tricolor mas, de novo, seguiu em campo.

Em agosto de 2019, a jogadora Rose Lavelle, campeã da Copa do Mundo feminina com o Estados Unidos, recebeu uma bolada muito forte no lado do rosto durante uma partida do seu time, Washington Spirit, que desabou no gramado. Sete minutos depois, após uma discussão com os médicos do time, Lavelle voltou ao campo na partida contra o Portland Thorns.

No entanto, os sintomas se agravaram após a partida. Lavelle apresentou tonturas e dores de cabeça e foi colocada no "protocolo de concussão", que é um período de descanso total com acompanhamento médico durante dois ou três dias. A jogadora só foi liberada para voltar a jogar um mês depois da lesão.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 64K RANK 1
LEITURAS 167M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook