noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"Tenho amigos pessoais que vão passar nove anos na prisão por votar"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 3,002

Pin Guardiola analisou a questão catalã. AFP
Guardiola analisou a questão catalã. AFP

"Tenho amigos pessoais que vão passar nove anos na prisão por votar"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 3,002

Pep Guardiola voltou a opinar sobre o 'Procés' na coletiva de imprensa antes do jogo entre Manchester City e Crystal Palace. Deixou claro sua desaprovação com a sentença emitida e insistiu que faz falta um mediador para resolver o conflito.

Ele relembrou as pessoas relacionadas a ele quando perguntado sobre a situação: "Tenho amigos pessoais que passarão nove anos na prisão por votar. Por pedirem para votar. E são milhões de pessoas que apoiarão pacificamente essas pessoas. A Europa deve dar um passo à frente e ajudar-nos a resolver esse conflito".

Comentou o vídeo em que participou há pouco tempo, "O comunicado que fiz foi para pedir que se sentem e conversem. A comunidade internacional deve nos ajudar para resolver o conflito entre Catalunha e Espanha. Alguém, um mediador de fora, deve nos ajudar para sentar-nos e conversar-mos. Essa situação chegou, ainda que se pareça incrível...."

Também afirmou que não pode fazer previsões sobre o futuro, "Não sei exatamente o que vai acontecer hoje com meu país, com Catalunha. Quão incríveis e pacíficas estão marchando por Catalunha à Barcelona para apoiar políticos e ativistas presos por mais de um ano".

Suplicou ao continente em geral para ajudar, "Direita, esquerda...Não querem se envolver. Necessitamos toda a Europa para resolver este conflito. As pessoas não se confiam entre si, Espanha, Catalunha...", acrescentou ele, que, por esse motivo, fez o comunicado anteriormente mencionado.

"Eu os defendo aqui, em Alsasua, em Madrid... Devemos lutar contra o racismo, a descriminação, o machismo...Eu o disse no comunicado. Seja onde for, me terão para defender os direito humanos", disse também sobre os valores que defende. 

Também comentou sobre o adiamento do "El Clásico", Não opnio sobre o jogo. Vocês devem perguntar a Tebas ou a Federação. Se fizerem é porque estão preocupados. Os clubes têm a preferência de jogar no dia 18 de dezembro, e é uma data plausível. 

O Manchester City disponibilizou a entrevista coletiva ao vivo, e os clássicos 'tuits' em que as palavras do técnico são coletadas, chamou a atenção que nenhum sobre o 'Procés' foi publicado. O clube se limitou a reproduzir as declarações puramente esportivas.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 36K RANK 1
LEITURAS 116M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook