noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

"Tentamos levar Suárez ao PSG, mas ele preferiu o Atlético"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 3,816

Pin Tuchel tentou levar Luis Suárez ao PSG. AFP
Tuchel tentou levar Luis Suárez ao PSG. AFP

"Tentamos levar Suárez ao PSG, mas ele preferiu o Atlético"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 3,816

Thomas Tuchel, treinador do Chelsea, confirmou em coletiva de imprensa antes do jogo contra o Atlético de Madrid pela Champions League que, quando estava no comando do PSG, tentou garantir Luis Suárez na sua equipe. O atacante recusou para poder ir ao clube de Madri.

Tuchel queria Luis Suárez no PSG quando ele era o treinador da equipe - a informação vazou, embora tenha sido confirmada pelo técnico - e ele contou o que deu errado na coletiva de imprensa antes da partida do Chelsea pela Liga dos Campeões contra o Atlético de Madrid, atual equipe do uruguaio. O motivo de sua não chegada foi que ele preferiu ficar na Espanha.

“Havia a possibilidade de ele deixar o Barcelona. Estávamos interessados ​​em contratar um dos melhores atacantes do futebol atual. Tentamos, mas ele preferiu ficar na Espanha e assinar pelo Atlético. Acho que é um atacante nato. Ele tem aquela qualidade que todos os atacantes têm. Ele sempre quer mostrar sua vontade de marcar, marcar e marcar. Conhecemos suas qualidades e vamos tentar pará-lo", disse.

Sobre se agora o incorporaria como 'blue', explicou: "Não sei. Foi um momento, foi um momento concreto. Talvez tivesse se encaixado bem em Paris, mas agora as coisas são diferentes. Não vale a pena pensar. É provável que não cogitemos".

Sobre se a prioridade do PSG neste momento é vencer a Champions League, ele especificou: "A minha prioridade é muito simples: é o próximo jogo. Nunca foi diferente e nunca vai mudar. É o que peço a todos os meus jogadores e todas as minhas equipes. Damos 100% do esforço. Às vezes funciona melhor, outras vezes pior".

Sobre como mudou depois de chegar ao Chelsea, ele deu sua perspectiva: "Minha visão mudou porque acho que a visão do treinador muda dependendo de onde você trabalha. Você tem que se adaptar à cultura do país. Este é o meu trabalho. Me motiva. É um pouco diferente mudar de clube durante a competição".

“Estou em Londres há três semanas. Aproveitei esta oportunidade e não me arrependo de nada. Estou 100% focado no Chelsea, por isso não me parece estranho ir a Bucareste com a minha equipe. Enfrentamos um grande Atlético, mas esse é o nosso desafio", acrescentou.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 64K RANK 1
LEITURAS 167M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook