noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Thiago Maia no Flamengo: sombra para Arão

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 684

Pin Thiago Maia chega ao Flamengo como sombra para Arão em vaga carente no elenco. Goal
Thiago Maia chega ao Flamengo como sombra para Arão em vaga carente no elenco. Goal

Thiago Maia no Flamengo: sombra para Arão

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 684

Campeão olímpico com a seleção brasileira, o meio-campista é mais um que chega ao Rubro-Negro para se provar após fracasso na Europa.

Thiago Maia concedeu, nesta quinta-feira (23), sua primeira entrevista coletiva como jogador do clube de seu coração. O sorriso ao vestir a camisa do Flamengo chegou a lembrar um pouco o de Gerson na sua apresentação em 2019.

Existem semelhanças na forma como Thiago e, antes dele, Gerson, retornaram ao Brasil, um roteiro semelhante também ao de Gabigol – que foi companheiro da nova contratação em sua passagem pelo Santos e na conquista do Ouro Olímpico em 2016.

Todos eles deixaram o Brasil cedo e chegaram na Europa envoltos em expectativas.

No caso de Thiago Maia, o meio-campista deixou o Santos em 2017 e chegou ao Lille com o rótulo de contratação mais cara do clube francês em todos os tempos: 14 milhões de euros no vínculo firmado até 2021, vencendo a concorrência de clubes como PSG, Internazionale, Milan, Chelsea e Manchester United segundo a imprensa francesa.

Por que não deu certo?

Acontece que, para Thiago Maia, quase tudo que tinha para dar errado... aconteceu! A passagem do treinador Marcelo Bielsa pelo clube foi envolta em polêmicas, com o agravante de que o argentino costumava escalar o brasileiro na lateral-esquerda, fora de sua posição. Isso acabou gerando até uma discussão de Bielsa com Giuliano Bertolucci, empresário do atleta.

Com o time brigando contra o rebaixamento, Bielsa foi demitido e o experiente Christophe Galtier assumiu o cargo. Thiago voltou a jogar no meio-campo, o Lille evoluiu e conseguiu se livrar do descenso. Foi quando mais uma dificuldade apareceu no caminho do brasileiro: por não ter passaporte europeu, perdeu lugar em um time lotado de jogadores extracomunitários. Quando voltou a ser relacionado, Thiago Mendes (ex-São Paulo) e o português Xeka já eram donos da posição.

“Ele entrou numa espiral que não foi feliz nem para ele, nem para mim. É um rapaz profissional, que precisa recuperar a confiança e a alegria de jogar. É um jogador que ainda pertence a nós, e que vamos acompanhar com cuidado”, disse Christophe Galtier sobre Thiago Maia.

Após 68 jogos (44 como titular), um gol e o mesmo número de assistências, o Lille optou pelo empréstimo para valorizar o jogador e buscar algum tipo de lucro. Ao final da cessão até junho de 2021, o Flamengo poderá ficar em definitivo com o meio-campista por um valor de 8 milhões de euros.

Peça importante no tabuleiro de Jorge Jesus

No Flamengo, Thiago Maia terá todas as condições de recuperar a confiança e alegria de jogar. Além de chegar a um time ajustado e que briga pelos maiores títulos, será uma peça importante para manter o elenco rubro negro “em outro patamar”.

Isso porque Willian Arão era praticamente a única opção do time para a função de primeiro volante. Gustavo Cuéllar deixou o Flamengo em 2019 e Piris da Motta está na lista de “negociáveis” do clube.

Sombra para Willian Arão

“Minha posição de origem é primeiro volante. O cão de caça. Passa a bola, mas o jogador fica no chão”, disse Thiago em sua apresentação oficial, arrancando risadas dos presentes.

Apesar da brincadeira, o ex-santista jamais foi expulso em sua carreira e possui bom passe, categoria. Cinco anos mais jovem que Arão, a nova contratação chega em condições de brigar por uma vaga no time titular.

Qualifica o elenco e mantém a competitividade em um setor carente para o grupo de jogadores, podendo ainda atuar em outras posições do meio-campo.

Thiago Maia é mais uma contratação que cumpre ótimos requisitos para este Flamengo 2020, podendo repetir a fórmula de sucesso tanto de Gerson quanto de Gabigol no primeiro retorno ao Brasil após uma experiência frustrada na Europa.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 42K RANK 1
LEITURAS 129M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook