noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"Tinha uma oferta irrecusável do PSG, mas o Atlético disse não"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 2,617

Pin Filipe Luis falou sobre sua episódios da definição de seu futuro. Twitter/Flamengo
Filipe Luis falou sobre sua episódios da definição de seu futuro. Twitter/Flamengo

"Tinha uma oferta irrecusável do PSG, mas o Atlético disse não"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 2,617

Filipe Luis falou ao jornal 'AS' sobre sua nova etapa como jogador do Flamengo e revelou episódios da definição de seu futuro.

O zagueiro brasileiro Filipe Luis explicou sua dexisão de assinar com o Flamengo após por um ponto final em sua história com o Atlético de Madrid: "Das opções que tinha, a do Flamengo era a que eu mais me dava vontade. Eu jogo por um desafio para escrever meu nome na história de um clube, não ser apenas mais um".

"Voltar ao Brasil era meu sonho de infância. Prometi isso a meu falecido avô. Mas foi difícil. No início, estava meio triste, mas quando cheguei meu coração explodiu de alegria. Era o que eu precisava", acrescentou.

Filipe ainda reconheceu que a contratação de Griezmann pelo Barcelona não foi uma surpresa: "Quando decidiu ficar no ano passado eu não o via tão feliz durante a temporada. É impossível sair bem, as pessoas se sentem ofendidas após o nome que construiu, tudo o que fez. Mas acredito que foi também um grande negócio para o Atlético".

Sobre sua saída do Atlético em 2014, explicou: "Fui com muitas ambições a Londres, à Premier... Mas ao chegar vi que era diferente do que esperava e que o Atlético era muito maior do que eu pensava".

"Em março eu pensei: tenho que sair, com Mourinho tenho muito menos oportunidades do que gostaria. Ao fim da tamporada tinha contatos com a Juve, PSG e Atlético", acrescentou o lateral.

O brasileiro revelou ainda uma oferta irrecusável do PSG: "Antes da Supercopa já tinham me chamado de Paris. Me disseram a oferta. Três anos e infinitamente mais dinheiro. Esperei que passasse a final para levar o caso adiante. Tinha uma oferta irrecusável, três anos quando me faltava um no Atlético e que por favor me deixassem ir como Gabi. Me disseram que não, que não era possível, que não havia tempo de contratar outro lateral".

"Sair bem era uma coisa que eu queria muito, muito. Mas é como acontece com Griezmann: no momento que um jogador referência sai, não sai bem, as pessoas não aceitam. Então não tentei mais. Trouxemos a oferta, o Atlético não aceitou e ficou assim. Mas consegui sair do Atlético pela porta da frente. Isso era como uma obssesão para mim", concluiu Filipe Luis.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 32K RANK 1
LEITURAS 107M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook