noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Toni Kroos marca duas vezes e Alemanha está classificada para a Eurocopa

Pin Alemanha demora, mas engrenou e fez goleada. EFE/EPA/FRIEDEMANN VOGEL
Alemanha demora, mas engrenou e fez goleada. EFE/EPA/FRIEDEMANN VOGEL

Toni Kroos marca duas vezes e Alemanha está classificada para a Eurocopa

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccer_es - 0 2,268

A imponente Alemanha entrou no Borussia-Park, estádio localizado em Mönchengladbach, Alemanha, com a missão de consolidar sua superioridade ante a Seleção da Bielorrússia. Graças ao empate do jogo entre Irlanda do Norte e Holanda, o time alemão se classifica para a Eurocopa 2020.

No grupo C, a Alemanha entrou em campo empatada com a Holanda no 1º lugar (15 pontos), mas perde a liderança no critério de desempate.

A Bielorrússia pisa no gramado já sem chances de conseguir vaga, com apenas 4 pontos ganhos. A Seleção apresenta uma passagem nada agradável pelas eliminatórias, ganhando uma única vez. Contra a Estônia por 2 a 1.

Nessas elminatórias, a Alemanha ganhou no jogo de ida por 2 a 0 e perdeu apenas uma vez, contra a Holanda por 4 a 2 na quinta rodada. Apresentou ainda uma expressiva goleada por 8 a 0 na quarta rodada contra a Estônia.

Partindo como favorita e empurrada pela torcida, a Alemanha explorou por todo o 1º tempo Klostermann que tentava vários cruzamentos mas esbarrava em um problema que estava evidente no elenco de Joachim Löw: a falta de pontaria.

A renovada Seleção Alemã mostrou superioridade técnica com bons lançamentos e passes precisos e curtos, mas na hora da finalização a bola nunca balançava a rede.

Os ataques com Gnabry e Klostermann foram insistentes em uma Alemanha que não deixou a Bielorrússia sair jogando. Porém, não foi necessário para abrir o placar até quase o fim da primeira metade. Dos 23 chutes, apenas 5 foram ao gol.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. E o gol saiu tarde, aos 41 minutos. Gnabry entra na área, vai à linha de fundo e cruza rasteiro para Ginter. Ele toca de letra e desloca Gutor. Gol do jogador de Mönchengladbach, o único jogador que estava jogando em casa.

Logo no início do 2º tempo, Goretzka faz gol em jogada ensaiada. Uma bela mostra de que a Alemanha treina bastante e treina certo. Em deixadinha de Ginter em bola rasteira de escanteio, a zaga ficou perdida e a bola ficou livre para Goretzka jogar para o fundo do gol.

Aos 54 minutos, um remanescente da velha Seleção Alemã mostra que tradição tem peso. Toni Kroos recebeu bola na meia-lua e bateu no contrapé do goleiro de chapa. Um golaço de um craque. 

No 2º tempo, a Bielorrússia cresceu e começou a atacar mais. Passou todo o 1º tempo tentando sair e por fim mostrava algum poder de fogo. Com Nekhajchik Stasevic, as melhores chances apareceram mas pararam nas mãos de Neuer.

Aos 72 minutos a melhor chance de gol da Bielorrússia apareceu após pênalti cometido em Nekhajchik por Koch perto da pequena área. Stasevic foi para a bola mas foi totalmente neutralizado por Neuer, que se esticou e pegou a bola no cantinho. O goleiro alemão mostrou que vale a pena tê-lo como titular na Seleção.

Dez minutos depois, Toni Kroos reaparece e ensina aos novos companheiros de time o que é um golaço. Recebeu bola na área, tirou de dois zagueiros e chutou no cantinho do gol. Kroos faz parecer fácil jogar futebol.

A partir acabou e o destaque vai para a 'velha escola' alemã: Toni Kroos e Neuer (que ainda no 1º tempo fez uma defesa incrível de mão trocada em chute no ângulo. Difícil de outro goleiro alcançar.

A Alemanha mostrou a técnica que historicamente sempre teve, mas faltou pontaria e mostrou também que precisa aprender com os mais antigos.

Com essa rodada do Grupo C, a Alemanha se classificou em primeiro lugar com 18 pontos e a Holanda se classificou em segundo lugar com 16 pontos.

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 90 RANK 13
LEITURAS 300K RANK 13
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook