noscript image

Um leão adormecido e uma águia a voar mais alto

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 3,400

Pin O Benfica venceu o Sporting na Luz. Twitter @Sporting_CP
O Benfica venceu o Sporting na Luz. Twitter @Sporting_CP

Um leão adormecido e uma águia a voar mais alto

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 3,400

O Sporting foi ao Estádio da Luz à procura da desforra depois do resultado do último domingo, no entanto, não conseguiu o resultado mais esperado e na segunda mão terá de vencer em Alvalade.

A luz encheu-se para receber o segundo dérbi lisboeta no espaço de três dias, desta vez, a contar para a primeira mão da meia-final da Taça de Portugal.

Os treinadores apresentaram algumas alterações nos onzes em relação ao dérbi da Liga. O Sporting entrou mais forte do que no encontro ligueiro mas a primeira ocasião apareceu pelos pés de Gabriel. Ainda no minuto 12 Seferovi à entrada da área remata para a baliza, a bola acaba por desviar na defesa leonina. 

Quatro minutos depois, os encarnados inauguram o marcador pelos pés de Gabriel. O brasileiro recebeu um cruzamento de Pizzi  e rematou com muita força não dando hipóteses de defesa a Renan. 

O Benfica sentiu mais força com o primeiro golo e realizou uma serie de contra-ataques na primeira meia hora de jogo. E foi ai que o Benfica viu a primeira contradição chegar. Jardel sentiu dores musculares e teve de ser substituido. Bruno Lage lançou Ferro, uma estreia pela equipa principal do jovem português. 

Até ao final da primeira parte foram poucas as oportunidades para ambas as equipas apresentando-se uma partida muito equilibrada e com poucos lances perigosos. 

Depois do intervalo o Benfica voltou a entrar mais forte e aproveitou todas as perdas da equipa de Marcel Keizer. O Sporting apresentou-se no segundo tempo com muita pressão, mas ao minuto 56 Wendel teve a melhor oportunidade do jogo para o Sporting, o brasileiro rematou ao lado, numa altura em que o golo poderia mudar o desenrolar do jogo. 

O Sporting não conseguiu chegar ao empate mas sofreu. Uma desatenção da defesa leonina deixou passar um cruzamento que não tinha perigo mas que chegou aos pés da pérola encarnada. João Féliz cruzou do lado direito mas a bola bateu em Tiago Ilori e desviou para dentro da baliza de Renan. 

Logo de seguida o Benfica poderia ter chegado ao 3-0 pelos pés de Grimaldo mas o defesa encarnado remata ao lado. O Sporting por seu lado, começou a tentar reduzir a vantagem encarnada e aos 75 minutos Wendel poderia ter reduzido a vantagem mas mais uma vez rematou ao lado. Não era o dia de Wendel. 

O treinador do Sporting lançou Bas Dost e Diaby que começaram no banco mas a ideia de Marcel Keizer não estava a dar resultado e funcionava em sentido contrário, uma vez que o Benfica aproveitou para voltar a pressionar, mais uma vez por intermédio de João Félix. 

Mas aos 80 minutos Bruno Fernandes sofre falta de Cervi na zona central do meio campo das águias. O internacional português é quem marca o livre e aponta um golo extraordinário.Com um remate colossal o médio não dá hipóteses a Svilar. 

Aos 85 minutos, o Sporting pede penalti num lance entre Cervi e Diaby, o lance é duvidoso mas o árbitro manda seguir considerando que foi um lance normal. 

Aos 90 minutos o árbitro anula o golo do empate a Bas Dost por falta do holândes sobre o guarda-redes do Benfica. 

O Sporting acordou muito tarde e não foi capaz de igualar oude conseguir a desforra, mas conseguiu reduzir e voltar a balançar a meia-final. 

Teremos de esperar até abril para descobrir qual dos dois estará presente na final do Jamor, mas uma coisa é certa, a eliminatória ainda está em aberto.

De um lado o Benfica com uma margem mínima do outro um Sporting que apenas precisa de vencer por um golo,. Tudo será decidido em abril, em Alvalade. 

Priscila

Priscila

noticias 754 RANK 7
LEITURAS 2M RANK 8
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook