noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

United leva a melhor no dérbi de Manchester

Pin Rashford abriu o placar no Etihad Stadium. AFP/arquivo
Rashford abriu o placar no Etihad Stadium. AFP/arquivo

United leva a melhor no dérbi de Manchester

Daniel Fraga por Daniel Fraga @besoccer_es - 0 2,745

Com gols de Rashford e Martial, o Manchester United abriu vantagem dupla no primeiro tempo e segurou a pressão do City. Os donos da casa ainda conseguiram descontar com Otamendi no fim da partida, que valia pela 16ª rodada da Premier League.

Manchester City e Manchester United chegaram ao dérbi embalados por vitórias, mas tentando se recuperar na competição. Há cinco temporadas, os eternos rivais não chegavam ao clássico em situações tão negativas na tabela de classificação. O time de Pep Guardiola começou o duelo na terceira posição e os 'red devils', na sexta.

O primeiro tempo começou com ritmo intenso e o brasileiro Ederson fazendo três boas defesas em finalizações de Daniel James, Lingard e Martial.

O time da casa teve menos chances reais, mas chegou perto de marcar com De Bruyne e Gabriel Jesus. No entanto, a equipe de Solskjaer passou a dominar o jogo e abriu o placar aos 22 minutos.

O gol saiu graças a um pênalti cometido por Bernardo Silva em Rashford, que foi para cobrança e, dessa vez, Ederson não conseguiu evitar.

Mesmo jogando em casa, o City não conseguiu firmar uma reação e viu Rashford finalizar mais duas vezes - inclusive acertando o travessão - antes de o placar ser novamente alterado.

O segundo gol veio aos 28 minutos, quando Martial tabelou com Daniel James, recebeu de volta dentro da área e bateu. A bola ainda tocou caprichosamente na base da trave antes de entrar.

Somente com a desvantagem dupla o City reagiu e passou a pressionar. Apesar das tentativas de David Silva (três vezes), Gabriel Jesus e De Bruyne, o time de Pep Guardiola voltou ao vestiário sem balançar as redes de De Gea.

No segundo tempo, o Manchester United ficou acuado e sofreu para aguentar a forte pressão dos anfitriões, que insistiram em diversas finalizações e dispararam na estatística da posse de bola - acabaram o jogo com 71%. Os mais ativos nas ações ofensivas foram Sterling, David Silva, Rodri e Otamendi.

Enquanto isso, os visitantes apostavam em contra-ataques, na boa atuação de Rashford e no brilhante desempenho coletivo no campo de defesa.

Na insistência final, a equipe da casa descontou com Otamendi cabeceando após cobrança de escanteio de Mahrez, mas não conseguiu superar a zaga adversária para buscar o empate.

Com o resultado, o time de Solskjaer soma 24 pontos e ocupa a quinta posição, a cinco pontos do quarto colocado Chelsea. O de Guardiola se mantém em terceiro com 32 pontos, vendo o Leicester (35) logo à sua frente e o Liverpool (46) disparado na liderança. 

Na 17ª rodada, o Manchester United receberá o Everton e o City visitará o Arsenal. Ambas as partidas estão marcadas para o próximo domingo (15).

Daniel Fraga

Daniel Fraga

noticias 295 RANK 11
LEITURAS 1M RANK 12
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook