noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Real Madrid e o peso da ausência de Sergio Ramos - até no ataque

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 777

Pin Real Madrid sentiu a falta do capitão até no momento ofensivo. AFP
Real Madrid sentiu a falta do capitão até no momento ofensivo. AFP

Real Madrid e o peso da ausência de Sergio Ramos - até no ataque

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 777

Éder Militão, substituto do ídolo, não foi mal na partida, mas merengues sentiram do capitão até no momento ofensivo.

O que mais se temia acabou se confirmando no Real Madrid: sem Sergio Ramos, suspenso no primeiro jogo das oitavas de final contra o Manchester City, o clube espanhol sofreu para controlar as investidas do time inglês, deu muito espaço, perdeu e está eliminado da Liga dos Campeões da Uefa.

Mesmo que muitos acreditassem que o brasileiro Éder Militão, substituto de Ramos, fosse "entregar a paçoca", quem acabou falhando foi o titularíssimo Raphael Varane, com dois erros capitais que resultaram nos tentos do City. Os Blancos não conseguiram sair jogando com seus defensores, caíram na pressão do time da casa e agora, terão que se "contentar" com o título da La Liga.

Título que, por sinal, passou muito pelas grandes atuações do próprio Sergio Ramos. É claro que não podemos afirmar que o Real teria se classificado caso o veterano pudesse jogar, mas suas chances certamente seriam mais altas.

Contra o Ajax, nas oitavas de final da edição 2018-19 da Liga dos Campeões, o Real Madrid acabou eliminado, perdendo de 4 a 1 em casa para os garotos do time holandês. Naquela ocasião, Sergio Ramos também estava suspenso - por ter "forçado" um cartão amarelo no jogo de ida.

Por mais que Militão não tenha falhado, é de se pensar que Varane talvez estaria mais seguro se estivesse junto de seu parceiro de zaga usual: o esforço de Gabriel Jesus no primeiro jogo - quando o brasileiro acabou "expulsando" o espanhol - acabou sendo crucial para as chances do City no segundo

Nos 11 jogos deste ano em que Sergio Ramos desfalcou - ou foi poupado - o Real Madrid, o aproveitamento da equipe até é melhor se comparado às outras partidas, mas o time permite que o oponente finalize mais, ataca pior, erra mais passes e chutes. Cabe lembrar, é claro, o fato do ídolo ser um "zagueiro artilheiro" e que um dos gols do City saiu justamente em um erro na saída de bola - ao passo que ele é o defensor do elenco atual com melhor índice de acerto de passe (91,5%).

Desde que o jogador chegou ao Real Madrid, o clube já participou de 60 partidas eliminatórias na Liga dos Campeões. Ramos foi desfalque em sete dessas partidas, com quatro derrotas - além das quedas contra Ajax e Manchester City, os merengues também perderam por 3 a 1 para a Juventus, em 2017-18, e por 3 a 2 para o Galatasaray, em 2012/13.

Agora, o Real Madrid pode começar a se preparar para a próxima temporada, quando terá a missão de tentar o bicampeonato nacional, além de quebrar a "fila" na Liga dos Campeões. Com seus garotos comandados pelo capitão Sergio Ramos, o time deve vir forte...basta que o ídolo não fique de fora das decisões.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 55K RANK 1
LEITURAS 152M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook