noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Vecino faz autocrítica, elogia crescimento do Uruguai e crê em jogo parelho contra Portugal

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 426

Pin Vecino faz autocrítica, elogia crescimento do Uruguai e crê em jogo parelho contra Portugal
Vecino faz autocrítica, elogia crescimento do Uruguai e crê em jogo parelho contra Portugal

Vecino faz autocrítica, elogia crescimento do Uruguai e crê em jogo parelho contra Portugal

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 426

Volante da Celeste elogia ex-companheiro português e alerta sobre faltas perto da área

O volante Vecino foi um dos selecionados pela Federação Uruguaia para conceder entrevista coletiva nesta quarta-feira, após o treino no Centro Esportivo Borsky. Titular nos três jogos da fase de grupos na equipe de Tabárez, o volante já começou a preparação junto com o restante do elenco para o duelo contra Portugal, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, no próximo sábado.  

Sobre a variação tática feita por Tabárez contra a Rússia, o jogador disse ter se sentido confortável com as mudanças, elogiando a postura da Celeste no jogo.  

"Eu me senti muito bem, foi uma variação que vínhamos fazendo, mas eu já tinha tido a oportunidade de jogar nessa posição e eu a conhecia bem. Rodamos a bola com mais gente e isso nos permitiu recuperá-la mais rapidamente e ter mais opções de passe". 

O meia também fez uma autocrítica, afirmando que não havia feitos bons jogos até o duelo com a Rússia, mas comemorou o crescimento da equipe diante da Rússia.  

"Sou muito exigente comigo mesmo e tenho consciência que meus dois primeiros jogos não foram os melhores na seleção. Logicamente, o desempenho de um jogador é julgado no contexto de uma equipe e, nesse sentido, a equipe não teve um bom desempenho. Nos custou com Rodrigo (Bentancur) encontrar linhas de passe e não nos sentimos confortáveis. No último jogo, o desempenho da equipe e de todos melhoraram". 

 Sobre o duelo contra Portugal, o volante lembrou que já compartilhou o vestiário com um de seus rivais no sábado, o meia João Mário. Para Vecino, o time luso é perigoso, lembrando que a equipe de Fernando Santos é o atual campeão europeu.  

"Com João Mário estive seis meses na Inter e também o enfrentei. É muito técnico e muito forte, pois não se move com tanta facilidade. Estamos falando do último campeão europeu e isso é o suficiente.". 

Vecino também comentou sobre Cristiano Ronaldo, atual melhor do mundo e autor de quatro gols até aqui no Mundial.  

“Quando há um especialista em bolas paradas como neste caso, temos de evitar faltas perto da área. Mas às vezes é muito difícil não cometer faltas".

O volante acredita em um jogo muito nivelado contra os portugueses e fechou a entrevista dizendo que "será um jogo equilibrado, porque são equipes com potencial semelhante. Será definido nos detalhes".

BeSoccer

BeSoccer

noticias 36K RANK 1
LEITURAS 116M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook