noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

As transferências mais caras da história por países

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 8,433

Pin As transferências mais caras da história por países. EFE-AFP
As transferências mais caras da história por países. EFE-AFP

As transferências mais caras da história por países

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 1 8,433

Um levantamento de 'ProFootballDB' permite montar um mapa dos países com suas operações mais caras. Neymar segue sendo a contratação que mais movimentou dinheiro até hoje.

Neymar (Brasil, 222 milhões)

A contratação mais cara da história foi a do PSG para levar Neymar do Barcelona.

Kylian Mbappé (França, 135 milhões)

Mais uma do Paris Saint-Germain. Dessa vez, os franceses buscaram seu craque no Mônaco ainda quando adolescente.

Joao Félix (Portugal, 126 milhões)

O maior movimento da história do Atlético de Madrid superou a contratação de Cristiano Ronaldo do Real Madrid à Juventus, ocorrida um ano antes.

Gareth Bale (País de Gales, 105 milhões)

O Tottenham vendeu o atacante a preço de ouro ao Real Madrid. Sem tanta força no esporte, o País de Gales provavelmente levará bastante tempo para superar essa contratação.

Eden Hazard (Bélgica, 100 milhões)

Outro dos grandes nomes da janela para a temporada 2019-20. Mais uma do Real Madrid, desta vez pagando uma fortuna ao Chelsea.

Gonzalo Higuaín (Argentina, 90 milhões)

A Argentina é uma dessas grandes fábricas de talentos futebolísticos. Higuaín é o que envolveu mais dinheiro, em operação que o levou do Napoli à Juventus.

Harry Maguire (Inglaterra, 87 milhões)

O Manchester United superou a compra do Liverpool por Van Dijk, buscando o zagueiro no Leicester.

Matthijs de Ligt (Holanda, 85 milhões)

Mais um zagueiro caríssimo da lista e também uma operação recenteme. De Ajax, voou para Turim.

Luis Suárez (Uruguai, 82 milhões)

O Barcelona gastou mais de 80 milhões para buscar o uruguaio no Anfield.

Kepa Arrizabalaga (Espanha, 80 milhões)

O Chelsea levou o goleiro espanhol do Athletic Bilbao à Premier League.

James Rodríguez (Colombia, 75 milhões)

Florentino Pérez se encantou com o futebol do colombiano na Copa do Mundo do Brasil e fez questão de contratar o latino do Mônaco.

Zlatan Ibrahimovic (Suécia, 69)

Um dos jogadores com mais transferências da história do futebol teve sua operação mais cara quando trocou a Inter de Milão pelo Barcelona.

Jorginho (Itália, 57 milhões)

O ítalo-brasileiro era peça fundamental de Maurizio Sarri no Napoli, que exigiu um grande investimento para ir ao Chelsea.

Leroy Sané (Alemanha, 50 milhões)

Pep Guardiola se encantou com o futebol que o alemão demonstrava pelo Schalke 04, que recebeu 50 milhões para entregá-lo ao Manchester City.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 32K RANK 1
LEITURAS 107M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook