noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Chegou a má fase do Flamengo e torcida quer mudanças

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,959

Pin Opções do técnico brasileiro começam a ser contestadas pela torcida. Goal
Opções do técnico brasileiro começam a ser contestadas pela torcida. Goal

Chegou a má fase do Flamengo e torcida quer mudanças

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,959

Após empate com o Atlético-Paranaense, equipe dá claros sinais que precisa de ser 'agitada', e o treinador não pode ter medo.

Todos os times em algum período da temporada terá sua má fase. A do Flamengo chegou. E ela deu o ar da graça por causa de diversos fatores, como o excesso de lesões, a saída do Diego e, principalmente, a maratona de jogos da equipe durante o mês de maio. Jogadores que rendiam, não rendem mais. Então é a hora de aproveitar a oportunidade e mudar o que não dá mais certo. 

Zé Ricardo tem uma filosofia de jogo muito clara desde os times de base que ele treina: excelente recomposição defensiva e saída em velocidade para o ataque, sempre dando ênfase ao bom toque de bola para desestruturar o adversário. Foi assim que ganhou muitos jogos importantes ao longo deste último ano. Mas atualmente a equipe não consegue mais funcionar neste padrão. Não só nele, mas com as peças que ela tem.

Os momentos de maiores pressões para o time, como a Libertadores, já passaram. Não há mais medo para as mudanças e principalmente em insistências. Márcio Araújo já deu muitos sinais que não rende como se exige. Mais que isso, sua pouca efetividade na distribuição vem amputando principalmente a construção ofensiva. O jovem Ronaldo, que já trabalhou com Zé Ricardo e tem um futebol que se pede no esporte atual - como gostam de falar, "volante moderno" - pode e deve ser mais aproveitado. É a hora da oportunidade como tantos outros jovens estão tendo nos rivais, exemplo de Vasco e Fluminense.

Na defesa, o desgastado Rafael Vaz parece oscilar entre boas partidas e outras nem tanto. O que prejudica o Flamengo não só a longo prazo, como até para a afirmação do trabalho. Antes da sua falha no gol do Atlético-PR, o clube era líder do Brasileirão. Após o empate, caiu para oitavo na tabela.

Na parte ofensiva, Paquetá, Matheus Sávio e até Vizeu mostraram boas evoluções nas oportunidades que tiveram. São jovens, precisamos ter calma com eles, mas sem uma sequência jamais terá a consolidação e maturidade suficiente para agarrarem a posição. Alguns nomes contratados já jogaram fora as chances que tiveram, como Damião. 

A torcida clama por mudanças no 'Fla', e por apostas sem medo do técnico Zé Ricardo.

 

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 38K RANK 1
LEITURAS 121M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook