noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Como o São Paulo vai ser escalado sem Antony?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 186

Pin Veja como pode ser o XI do SPFC.  EFE/Luis Eduardo Noriega
Veja como pode ser o XI do SPFC. EFE/Luis Eduardo Noriega

Como o São Paulo vai ser escalado sem Antony?

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 186

Fernando Diniz volta aos treinamentos em Cotia com um buraco no time titular: quem vai substituir o ponta?

Depois de algum tempo, o torcedor do São Paulo neste começo de 2020 tinha em mente uma escalação titular confiável: em vários dos últimos anos, desmanches, lesões e jogadores que não alcançaram seu potencial fizeram com que os inúmeros treinadores que passaram pelo Tricolor não conseguissem montar um time base. Desde o final do ano passado, no entanto, a história era diferente.

Fernando Diniz conseguiu achar uma escalação sólida, ofensiva e que dava resultados dentro de campo: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Vitor Bueno, Pato e Antony...Mas a situação financeira do clube vai, novamente, fazer com o que o técnico precise remanejar algumas peças.

Com a venda de Antony ao Ajax, o São Paulo fica com um buraco no time titular em uma das posições menos confiáveis do elenco: reservas como Helinho e Toró ainda não conveceram o torcedor. Assim, com o retorno do Campeonato Paulista, fica a expectativa: quem é que Diniz vai escalar no lugar do garoto?

Enquanto o Tricolor retoma suas atividades em Cotia, no CT da base do clube, Diniz vai procurando alternativas dentro do grupo. A principal delas, pelo menos neste momento, deve ser Pablo.

A escolha pelo centroavante já foi utilizada pelo treinador em alguns momentos no começo do ano, quando Antony estava na seleção olímpica. Fernando Diniz gosta do jogador e já o utilizou pelos lados no Athletico-PR, em 2018. Além disso, tal formação possibilita que o técnico faça variações táticas no meio da partida, com o atleta e Pato formando uma dupla de ataque ou até mesmo deslocando o ex-jogador do Milan para a ponta e utilizando Pablo pelo meio.

Contratação mais cara da história do São Paulo, Pablo ainda não conseguiu se firmar como titular: perdeu muitos minutos em 2019 por lesão e ficou marcado por uma partida muito ruim contra o Binacional, no começo de 2020, pela Libertadores. Entretanto, vinha bem antes da paralisação: marcou dois gols e decidiu o clássico contra o Santos, na última partida do Tricolor antes da parada.

Ainda assim, o centroavante não é a única opção de Diniz para a função: outros jogadores como Everton e Gabriel Sara vem sido testados em treinamentos, segundo o Globo Esporte. O primeiro costuma jogar pela esquerda, mas já teve bons momentos com a camisa do clube - e só perdeu espaço pelas muitas contusões. O segundo é um meia jovem das categorias de base que pode ser uma opção diferente.

Caso o treinador resolvesse utilizar Sara, teria que adaptar o esquema tático da equipe: o garoto é um meia armador e não joga pelos lados. Desta forma, poderia ser deslocado para o meio, transformando o 4-3-3 do São Paulo de Diniz em um 4-4-2 clássico ou até mesmo em um 4-5-1 - caso Vitor Bueno também seja recuado.

No caso de uma mudança tática, outros jogadores também despontam como opções: Hernanes pode jogar como "segundo meia" e até Daniel Alves já fez as vezes de ponta. Além deles, Gonzalo Carneiro e Paulinho Bóia foram reintegrados ao elenco - e o jovem vem impressionando -, Helinho já atuou como substituto imediato de Antony no começo do ano, Toró fez boas partidas com Cuca em 2019 e até Rojas, que se recupera de lesão, pode ganhar minutos.

 

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 52K RANK 1
LEITURAS 146M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook