noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Liverpool faz o dever de casa e segue líder

Daniel Fraga por Daniel Fraga @besoccer_es - 0 785

Pin Liverpool faz o dever de casa e segue líder. AFP
Liverpool faz o dever de casa e segue líder. AFP

Liverpool faz o dever de casa e segue líder

Daniel Fraga por Daniel Fraga @besoccer_es - 0 785

Com a superioridade de um atual campeão da Champions League, o Liverpool acumulou chances de gol, confirmou o favoritismo contra o Genk, conquistou a vitória (2 a 1) e manteve a liderança do grupo E.

O Liverpool entrou em campo tendo jogadores importantes no banco de reservas. Firmino e Mané foram alguns dos poupados contra o Genk, que chegou ao Anfield com apenas um ponto e na lanterna do grupo. No ataque, Salah, contava com a companhia de Origi e Chamberlain para tentar mais uma vitória - o primeiro duelo havia acabado em 4 a 1.

O time de Jürgen Klopp a deixou claro o ímpeto ofensivo desde o começo do jogo e demorou apenas 13 minutos para abrir o placar. Em cruzamento da esquerda com Milner, a bola rebateu na zaga, ficou viva dentro da área e sobrou para Wijnaldum empurrar para dentro.

Após o gol, o Liverpool seguiu pressionando os belgas, com Salah, Origi e Chamberlain somando finalizações, enquanto o time do técnico Felice Mazzu encontrava dificuldades para frequentar o campo adversário.

O que parecia improvável aconteceu no primeiro momento de ataque belga, aos 38 minutos, quando o Liverpool já somava 12 tentativas. Em cobrança de escanteio, Samatta subiu mais alto que a zaga inglesa e cabeceou para dentro.

No segundo tempo, as posturas foram mantidas. Enquanto o Liverpool acumulava sustos ao goleiro Coucke, o Genk permanecia acuado no próprio campo.

A pressão funcionou aos 52 minutos, com Salah fazendo um excelente trabalho de pivô na entrada da área e servindo Chamberlain, que dominou, girou e chutou com firmeza de primeira para o fundo do gol.

A diferença do primeiro para o segundo tempo foi que os visitantes não conseguiram converter as raras finalizações em gol - somente no fim do jogo o time belga esboçou uma reação e frequentou a área dos donos da casa. Foi quando Alisson teve um papel importante para evitar o empate, defendendo um chute potente de Heyney, que estava livre na área após bobeira da zaga anfitriã aos 80 minutos.

Com o resultado, O Liverpool lidera o grupo E da Champions League com 9 pontos, seguido por Napoli (7), Red Bull (3) e Genk (1).

Na próxima rodada, marcada para 27 de novembro, o Liverpool receberá o Napoli e o Genk enfrentará o Salzburg na Bélgica.

Daniel Fraga

Daniel Fraga

noticias 329 RANK 11
LEITURAS 1M RANK 12
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook