noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Maradona no Brasil? Diego quase atuou na terra de Pelé

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 345

Pin Pelo menos três times brasileiros tentaram contratar Maradona.
Pelo menos três times brasileiros tentaram contratar Maradona.

Maradona no Brasil? Diego quase atuou na terra de Pelé

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 345

Palmeiras, Santos e até a Portuguesa foram times que contrataram o ídolo argentino.

Diego Maradona é um dos maiores da história do futebol. Deus na Argentina e em Nápoles, lugares onde é adorado tanto por suas virtudes quanto por seus defeitos. Vira e mexe surgem histórias de que o camisa 10 poderia ter jogado no Brasil. No dia em que o craque completa 60 anos, relembramos o que existe de verdade nisso.

A história mais antiga envolve a Portuguesa, e Maradona no Canindé foi uma possibilidade ainda no começo da carreira do astro. Aconteceu no início dos anos 80, segundo revelado pelo empresário uruguaio Juan Figer em entrevista à ESPN. O Argentinos Juniors precisava de dinheiro e queria vender a jovem estrela.

Figer tinha boa relação com Manuel Gregório, então presidente da Lusa, e o jovem foi oferecido por um valor de 300 mil dólares, algo em torno de cinco milhões e 300 mil reais atualmente. A Portuguesa, entretanto, não tinha como custear a negociação, e Maradona tornou-se jogador do Boca Juniors.

A segunda oportunidade foi com Diego já estabelecido no futebol. O astro estava de saída do Napoli após suspensão de 15 meses por uso de cocaína, e mesmo a situação arriscada atraiu interessados. O Palmeiras vivia o começo da parceria com a Parmalat e tinha em Maradona uma possibilidade de ter a primeira estrela da nova era.

A situação ocorreu em 1992, e até José Carlos Brunoro, o diretor de esportes que gerenciava a relação entre empresa de laticinios e o clube alviverde, admitiu o interesse no argentino. A coisa, porém, não foi para a frente, e o Sevilla foi o escolhido pelo craque. Um ano antes, o Flamengo também cogitou contratá-lo, sem sucesso.

Maradona ficou uma temporada na Espanha e retornou à Argentina para jogar no Newell's Old Boys. Em 1994, nova suspensão por doping, desta vez por efedrina em plena Copa do Mundo. Ao fim dos 15 meses de gancho, o Santos surgiu como um destino, fato admitido até pelo próprio clube paulista.

A possibilidade de ter Diego vestindo a camisa 10 que foi de Pelé era única e contava com a aprovação do próprio Rei. A negociação foi intermediada pela Pelé Sports & Marketing, mas não andou, e Maradona voltaria ao Boca Juniors para encerrar a carreira profissional.

O Santos até retomou as conversas em 1998, quando o já aposentado argentino visitou a Vila Belmiro, mas a situação não foi para a frente. Maradona seguiu como o símbolo de uma geração que levou a Argentina ao topo e assombrou os brasileiros, mas sem nunca defender um time daqui.

O craque argentino até chegou a enfrentar poucos times brasileiros. O São Paulo foi um deles e Maradona jogou contra o Tricolor duaz vezes, em dois amistosos. O primeiro em 1987, antes da ida de Careca para o Napoli, e o segundo em 1993, quando o Sevilla de Maradona e Diego Simeone veio ao Morumbi e enfrentou os donos da casa comandados por Telê Santana e Raí.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 58K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook