noscript image

O leão treme mas não cai

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 3,950

Pin O Sporting venceu e conseguiu eliminar o benfica da Taça de Portugal. EFE
O Sporting venceu e conseguiu eliminar o benfica da Taça de Portugal. EFE

O leão treme mas não cai

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 3,950

O Sporting recebeu esta quarta-feira o SL Benfica com desvantagem de um golo que obrigava os leões a correrem atrás do prejuízo. Entraram melhor e receberam o prémio a quinze minutos do final. O Jamor é já ali e a equipa de Alvalade sorriu no final.

O jogo em fevereiro na Luz deu a vantagem no marcador às águias, o 2-1, era perigoso e a felicidade podia virar para qualquer uma das equipas.

Bruno Fernandes deixou os leões dependentes de um golo e com esperança para aquilo que poderia ser o duelo desta quarta-feira em Alvalade. O fator casa estava do lado do Sporting e esperavam-se 90 de bom futebol. 

O Sporting entrou melhor no encontro e mais dominante. Durante o primeiro quarto de hora os leões dominaram o jogo e foram os únicos a pressionarem. Bruno Fernandes, Wendel, Gudelj e Raphinha obrigaram Svilar a boas defesas durante este tempo e provaram que não estavam para brincadeiras. 

Aos 13' surge a primeira baixa para os encarnados. Numa jogada com Raphinha Gabriel acaba por se lesionar sozinho e agarra-se ao joelho. Acaba por ter de ser substituido e pode ser uma baixa importante para Bruno Lage nesta fase da temporada.

A partir daqui o Benfica começou a assumir a posse de bola e tentava controlar o jogo no meio do campo. O Sporting tentava livrar-se desta pressão encarnada e voltava a pressionar. 

Bruno Fernandes foi sempre o mais descontente com o empate no marcador e procurava rematar e lançar os companheiros no ataque. Até ao final da primeira parte o Sporting criou as maiores ocasiões de perigo enquanto que o Benfica tentava acalmar o jogo. 

Depois do descanso, o Benfica entrou melhor. Pizzi faz uma grande jogada e serve Seferovic que remata muito ao lado da baliza de Renan. 

Aos 49' Bruno Fernandes assustou as águias. O Sporting ganha uma falta muito semelhante áquela com a qual marcou o golo na Luz. O médio foi chamado a converter e com um remate cruzado colocou a bola na trave de Svilar. A baliza abanou e os corações encarnados também. 

O primeiro grande aviso estava dado e por intermédio do responsável em manter a esperança viva. A partir daqui começaram a aparecer mais ocasiões de parte a parte e mais disputa de bola. O ambiente aqueceu e muito em Alvalade e foi o árbitro o responsável por tentar acalmar os ánimos. 

Aos 75', Bruno Fernandes aparece na direita, ajeita a bola e deixa Grimaldo para trás. O resto? Magia como sempre. Com o pé esquerdo remata para a baliza de Svilar. A bola ainda bate na trave antes de entrar mas estava feito o golo do empate na eliminatória e vantagem para os leões. 

O Benfica começou a correr atrás do prejuízo mas o Sporting também não desistia de procurar mais um golo. Aos 83' Seferovic ganhou à defesa leonina e cabeceou aos lado do poste de Renan naquela que foi a melhor oportunidade encarnada de todo o jogo. 

O Sporting continuava a aparecer no ataque mas a defesa encarnada continuava a dar o corpo para afastar a bola ea assim não sofrer outro golo. 

O Sporting foi mais feliz no final e mais uma vez é Bruno Fernandes o autor da alegria leonina. Alvalade colocou-se de pé para aplaudir o leão que garantiu novamente a presença na final da Taça de Portugal. 

Um leão que tremeu na primeira-mão mas que não desistiu e que esta quarta-feira lutou com tudo o que tinha enfrentará o FC Porto no Jamor a 25 de maio. 

Um novo Clássico, numa nova final entre as duas equipas este ano. O Sporting com certeza procurará a desforra do sucedido no ano anterior e o FC Porto procurará a Taça que lhe foge desde 2011. Um duelo que será com toda a certeza histórico. 

Priscila

Priscila

noticias 1,271 RANK 7
LEITURAS 5M RANK 7
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook