Retrospectiva 2017: Cruzeiro e Corinthians campeões nacionais, e Grêmio (quase) acabando com o planeta em dezembro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,522

Pin O 'Tricolor gaúcho' venceu a Copa Libertadores em 2017. Goal
O 'Tricolor gaúcho' venceu a Copa Libertadores em 2017. Goal

Retrospectiva 2017: Cruzeiro e Corinthians campeões nacionais, e Grêmio (quase) acabando com o planeta em dezembro

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,522

'Raposa' vence Copa do Brasil, 'Timão' é campeão brasileiro e 'Tricolor Gaúcho' leva Libertadores. Flamengo decepciona na Sul-Americana e Real vence Mundial.

Setembro, outubro, novembro e dezembro foram meses decisivos no futebol brasileiro, sul-americano e mundial. Cruzeiro, Corinthians e Grêmio venceram Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores, respectivamente. O Flamengo ainda foi vice das Copas do Brasil e Sul-Americana.

A primeira decisão aconteceu em setembro. Cruzeiro e Flamengo decidiram a Copa do Brasil. Na ida, uma igualdade em 1-1 no Maracanã. O jogo da volta, em 27 de setembro, no Mineirão, terminou sem gols, e a decisão aconteceu nas cobranças de pênalti. Fábio pegou a cobrança de Diego e Thiago Neves, no ângulo, garantiu o título para os mineiros.

O gol marcado pelo camisa 30 assegurou o pentacampeonato dos mineiros no torneio nacional. A festa no Gigante da Pampulha foi o recorde de público do estádio - 61.017 presentes no local.

A Copa do Brasil não foi o único título definido neste quadrimestre. Em novembro, o Corinthians assegurou o hepta do Brasileirão. Depois de um turno invicto, os comandados de Fábio Carille garantiram a taça na 35ª rodada, apesar da queda de rendimento vivida no segundo semestre.

Depois de sair atrás no placar, com gol do zagueiro Henrique, o 'Timão' obteve a virada com gols de Jô (duas vezes) e Jadson. A vitória por 3-1 no dia 15 de novembro fez o time paulista ser proclamado campeão brasileiro, uma conquista e tanto para o time que iniciou o ano totalmente desacreditado, tanto pela imprensa quanto pelo próprio torcedor.

Mas o planeta acabou mesmo no fim de novembro. Em 29 daquele mês, o Grêmio foi ao estádio La Fortaleza, na Argentina, para vencer o Lanús por 2-1, com gols de Fernandinho e Luan.

Depois de vencer o jogo de ida por 1-0 (gol de Cícero), a equipe de Renato Gaúcho obteve o título fora de seus domínios. O mantra - "vamos acabar com o planeta" - foi levado aos Emirados Árabes Unidos, onde o time disputaria o Mundial de Clubes semanas mais tarde.

Na competição que define o dono da bola no planeta, o 'Tricolor Gaúcho' deu mostras de que poderia disputar com o Real Madrid de igual para igual. A vitória sobre o Pachuca, por 1-0, na semifinal, animou os gaúchos, duelo decidido pelo reserva Everton no tempo extra.

Do outro lado da chave, os espanhóis bateram o Al-Jazira, equipe local, por 2-1. Romarinho fez para o mandante, mas Cristiano Ronaldo e Gareth Bale garantiram a virada.

A decisão poderia ter um tom de equilíbro depois de tudo o que foi visto, mas o Real Madrid se sobressaiu e criou as melhores chances. A ideia de acabar com o planeta não funcionou no Mundial de Clubes e Cristiano Ronaldo, de falta, marcou o gol que lhe deu a melhor no duelo direto com Renato Gaúcho. Nesta, o português levou a melhor!

A grande decepção deste quadrimestre foi o Flamengo. Depois de ser vice-campeão da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, o time de Reinaldo Rueda fracassou na Copa Sul-Americana e ficou na segunda posição após perder o jogo de ida na Argentina (2-1) e empatar a volta no Maracanã (1-1).

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 18K RANK 1
LEITURAS 58M RANK 1
Mais notícias do autor
Cookies use: We use our own and third party "cookies" to improve our services, develop statistical analysis, analyse browsing habits and create interest groups. This allows us to customise the content we offer and show related advertising to your preferences. We also share this browsing analysis and interest groups with third parties. To continue browsing, please accept its use. Mais info e configurações. Aceitar

Follow BeSoccer on Facebook