noscript image

"Eu queria ir ao Chelsea e o Madrid me vendeu para o City"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 +12k

Pin Robson de Souza 'Robinho'. EFE/Archivo
Robson de Souza 'Robinho'. EFE/Archivo

"Eu queria ir ao Chelsea e o Madrid me vendeu para o City"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 +12k

Em 2005. seu nome foi capa de todos os jornais do mundo do futebol; Robinho chegava a Europa. A nova promessa brasileira chegava ao Real Madrid como uma das joias do clube e da seleção. Mas acabou não triunfando na capitão e espanhola, e agora, 10 anos depois fala de sua saída para o futebol inglês.

Em uma entrevista para a revista 'FourFourTwo', Robinho falou contou sobre seu passado como jogador do Real Madrid e assegurou que apesar de ter levado um 'balão' ao sair do Real, nunca se arrependeu de ter ido embora. 

"Não me arrependi de ter saído, mas me arrependo de ter acabado mal com eles quando me fui. Foram eles (Real Madrid) que apostaram em mim a me abriram as portas do futebol europeu. Creio que a forma como saí apagou todas as recordações das coisas boas que fiz. Creio que joguei bem, mas queria ir e tenho um temperamento forte", disse com sinceridade o atual jogador do Sivasspor turco, equipe na qual encontrou um velho amigo do futebol espanhol, Douglas ex Barcelona

Falando do passado, não dúvidou em recordar de sua saída, a qual esteve condicionada, segundo sua versão, pelo "orgulho" do Real Madrid. "Queria ir para o Chelsea porque Scolari me disse que faria a diferença ali, mas o Madrid acabou mal com eles. Venderam camisas com meu nome antes que o acordo estivesse fechado e isso não agradou a eles (Real Madrid). Tenho certeza que foi esse o motivo que levou ao fracasso da operação, foi um assunto de orgulho para o Madrid. Ademais o City não estava na Champions, mas o Chelsea sim". 

O atacante também foi questionado por uma pergunta que muitos fizeram: Por que o Real Madrid e não o Barcelona ? "Não foi difícil escolher, já que o Real Madrid foi o clube que mais se interessou por mim. São dois grandes clubes , mas o Madrid veio e vendo que tinham um grande grupo de brasileiros no plantel e Vanderlei Luxemburgo como técnico, não tive dúvidas", revelou Robinho

 

Por último falou sobre dois nomes proprios: Capello e Beckham. Sobre o técnico italiano assegurou que a decisão de Capello deixar o comando da equipe, resultou com que ele deixasse de ser feliz no clube. Em relação a Beckham, contou uma anédota: "Sempre se juntava com os brasileiros, era um a mais. Os espanhóis tinham ciúmes porque falava mais português que espanhol. É muito humilde, uma pessoa incrível. Ele é o jogador mais pé no chão que eu conheço". 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 22K RANK 1
LEITURAS 76M RANK 1
Mais notícias do autor
Cookies use: We use our own and third party "cookies" to improve our services, develop statistical analysis, analyse browsing habits and create interest groups. This allows us to customise the content we offer and show related advertising to your preferences. We also share this browsing analysis and interest groups with third parties. To continue browsing, please accept its use. Mais info e configurações. Aceitar

Follow BeSoccer on Facebook