noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Messi como Michael Jordan? A Copa de 2022 pode ser seu 'Arremesso Final'

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 415

Pin A Copa de 2022 pode ser a cartada final de Messi. EFE/Yuri Edmundo
A Copa de 2022 pode ser a cartada final de Messi. EFE/Yuri Edmundo

Messi como Michael Jordan? A Copa de 2022 pode ser seu 'Arremesso Final'

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 415

Para Lucas Biglia, do Milan, busca pela Copa do Mundo com a Argentina pode fazer com que Messi escreva um roteiro como o de Michael Jordan na NBA.

Lionel Messi tem uma das carreiras mais vitoriosas da história do futebol, mas existe um título que falta na galeria do argentino: a Copa do Mundo. Mas Lucas Biglia, ex-companheiro do camisa 10 na seleção, acredita que Messi pode ter um roteiro inspirado em Michael Jordan no Mundial de 2022, o que seria seu “Arremesso Final”. 

Na sua última temporada no basquete, o astro americano foi campeão da NBA acertando o arremesso decisivo que deu o título ao Chicago Bulls, em 1998. O “Arremesso Final” de Jordan, que já virou livro e agora série da Netflix, fez com que Biglia acreditasse na possibilidade de Messi fazer o mesmo pela Argentina.

"Eu terminei Arremesso Final outro dia. Isso me fez pensar que em alguns anos, esperamos poder assistir a algo semelhante de nosso próprio fenômeno [Messi]", contou o jogador do Milan à rádio argentina FM 94,7.

Além das conquistas, a série conta muito sobre os bastidores da equipe que dominou a NBA ao longo da década de 90 e do modo como Michael Jordan se comportava em sua rotina e se relacionava com seus companheiros. Biglia gostaria de ver algo parecido sobre Messi, mas o que o fez pensar no craque do Barcelona foi ver Jordan abraçando o troféu da NBA e chorando após sua conquista.

"[Poderíamos] aprender muitas coisas sobre o seu dia-a-dia. Como você o vê treinar, você o vê jogar, mas muitas coisas acontecem que você não conhece, como nós vemos [com Jordan] na série".

"Mas a cena que eu gostaria de ver no futuro é a que Jordan está abraçando o troféu [da NBA] e chorando. Eu gostaria de ver isso com Messi e a Copa do Mundo. Que eu gostaria de ver. Eu sei o que significaria para ele e para o povo argentino".

Ainda comparando as duas lendas do esporte, Biglia destacou o comportamento de Messi como pessoa e sua capacidade de fazer com que seus companheiros se sintam bem ao seu lado.

“Messi sempre se coloca no seu nível. Não apenas por causa de sua humildade, mas para fazer você se sentir confortável. Ele procura construir um relacionamento com seus colegas de equipe. É isso que o torna ótimo”, explicou. “Não há palavras para descrevê-lo como jogador. Como pessoa, ele é 10, 100 vezes melhor”.

Apesar de todos os títulos pelo Barcelona e das incríveis seis Bolas de Ouro, Messi ainda espera por uma grande conquista por seu país. A grande mágoa certamente foi a Copa do Mundo de 2014, quando chegou à final da competição, contra a Alemanha, mas terminou derrotado na prorrogação. 

O fato em si já seria difícil para qualquer jogador, mas as constantes comparações com Diego Maradona tornam o tema ainda mais relevante. E aos 33 anos de idade, Messi não terá mais muitas chances pela frente. Mas para Biglia, seu companheiro sempre será idolatrado e amado na Argentina.

"As boas lembranças são salvas, é claro, mas as ruins sempre permanecerão também. Por que uma pessoa tem que sofrer tanto? Na última Copa do Mundo, a eliminação o atingiu. Dói vê-lo sofrer tanto e me faz perguntar por que ele tem que sofrer dessa maneira. Peço a Deus que possamos vê-lo na próxima Copa do Mundo daqui a dois anos", completou.

As comparações entre Messi e Michael Jordan certamente são válidas e as séries sobre a carreira do argentino fatalmente serão produzidas em breve. Resta saber qual será o “Arremesso Final” de Lionel Messi. 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 50K RANK 1
LEITURAS 142M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook