noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"Alguns meninos tinham videogame, eu tinha uma bola"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,131

Pin Alguns meninos tinham videogame, eu tinha uma bola. EFE
Alguns meninos tinham videogame, eu tinha uma bola. EFE

"Alguns meninos tinham videogame, eu tinha uma bola"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,131

Gabriel Jesus é um humilde e paciente. Um jovem que ainda sonha ser uma grande estrela do futebol mundial, mas que não se esquece de quem é nem de onde veio.

Nasceu há 22 anos no bairro Jardim Peri, em São Paulo. Agora, a comunidade pobre tem um muro de 34 metros pintado com a imagem de seu rosto.

Na homenagem, o jogador está fazendo sua comemoração tradicional de cada gol, como se fizesse uma ligação no celular. Uma chamada que nunca falta em sua rotina, para sua mãe. Abandonado pelo pai logo após nascer, sua mãe foi o grande apoio e sustento.

Dos esforços dela mulher nasceu tal jogador, que apesar do sucesso não esquece a quem deve tudo isso, à mulher que levou Gabriel e seus hermanos no colo rumo a um futuro digno.

"Alguns meninos tinham videogame. Eu tinha uma bola e minha imaginação", disse em 2017 a 'The Players Tribune'. É uma frase que o define, como jogador e como pessoa.

Esta Copa América pode ser a chance de sua consagração, mas ainda que deseje conquistar o troféu (e dedicá-lo à mulher de sua vida), Gabriel Jesus é paciente. Sabe que o titular é Firmino e aceita essa situação.

 

BeSoccer

BeSoccer

noticias 29K RANK 1
LEITURAS 98M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook