noscript image

"Levei tanta 'pancada' como o relvado do Jamor"

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 2,075

Pin Sérgio Conceição fez a análise do duelo da Taça de Portugal frente ao Sporting. EFE
Sérgio Conceição fez a análise do duelo da Taça de Portugal frente ao Sporting. EFE

"Levei tanta 'pancada' como o relvado do Jamor"

Priscila por Priscila @besoccer_es - 0 2,075

A final da Taça de Portugal realiza-se este sábado no Jamor e opõe FC Porto e Sporting. Sérgio Conceição fez a análise do duelo e garantiu que os dragões estão preparados para o duelo.

Ao lado de Héctor HerreraSérgio Conceição fez a análise do duelo da Taça de Portugal frente ao Sporting, no Jamor. 

Depois da perda do título de campeão nacional chega a final da Taça na qual os dragões querem sair vencedores por tudo o que este troféu simboliza para o clube e para os adeptos. 

A primeira pergunta colocada ao técnico dos azuis e brancos esteve der acordo com esse desejo dos dragões. Questionado sobre o espírito para a final Sérgio Conceição mostrou-se bastante determinado: "Todos os jogos são para ganhar. Obviamente que essa frase - as finais não se jogam, ganham-se - tem peso, ainda para mais dita pela pessoa que foi, mas claramente que as finais são para se ganhar". 

E para vencer a final, o FC Porto tem de ultrapassar o Sporting, equipa que para Conceição teve variáveis ao longo do ano: "A equipa do Sporting, em particular, teve uma dinâmica que foi variando a partir que este treinador a assumiu. Mas nós estamos preparados para aquilo que será o Sporting nos vários momentos. É uma final importante para nós. Este clube está habituado a isso e claro que queremos ganhar. Vencemos um título e queremos ganhar o segundo amanhã". 

Sporting e FC Porto já se encontraram numa final antes esta época e os leões levaram a melhor na marca dos onze metros. Questionado sobre o facto de poder existir um medo de chegar ao castigo máximo, o técnico dos dragões garantiu que a equipa prepara sempre todos os pormenores: "Nós olhamos para o jogo e preparamo-lo com o intuito de o ganhar nos 90 minutos. Cada jogo tem a sua história e nós contamos e sempre com o pensamento de trabalhar todos os pormenores que sejam importantes para o jogo".

O técnico dos azuis e brancos foi questionado pelo uso continuado do relvado do Jamor pelo Belenenses ao longo da época e na forma em que isso pode influenciar o encontro deste sábado e garantiu que não há desculpas que tudo está bem preservado: "Estava quase para dizer que levei tanta 'pancada' como o relvado do Jamor durante o ano. Não, nós vimos o relvado, conheço o Jamor desde os meus 15 anos, quando comecei aqui a treinar na Seleção. Sabemos o que vamos encontrar e não vão haver desculpas do relvado, do sol ou do vento".

Sobre a Taça de Portugal e tudo aquilo que ela significa para ele, para a equipa, para o clube e para os adeptos, Conceição não teve dúvidas em dizer que é uma festa de família e que está muito confiante porque sabe que os seus jogadores farão o melhor no Jamor. 

"Eu tenho a ambição de ganhar títulos e obviamente tenho um carinho muito especial pela Taça de Portugal, pois faz hoje 21 anos que eu como jogador conquistei aqui uma Taça de Portugal com o FC Porto. É um dia bonito, um dia da família e que eu gosto. O que pode fazer a diferença, eu não vejo nada de diferente dos outros jogos. Será a forma como nós vamos estar em campo e isso tem a ver com a intensidade e boa agressividade, mas eu estou confiante e tranquilo em relação a isso, pois tenho um grupo de jogadores que tem dado uma resposta fantástica nestes dois anos que têm estado comigo", concluiu Sérgio Conceição. 

Priscila

Priscila

noticias 1,271 RANK 7
LEITURAS 5M RANK 7
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook