noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Com um a menos, o Porto conquista a Taça de Portugal

Pin Porto é o campeão da Taça de Portugal com um a menos. EFE/EPA/JOSE COELHO
Porto é o campeão da Taça de Portugal com um a menos. EFE/EPA/JOSE COELHO

Com um a menos, o Porto conquista a Taça de Portugal

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccer_es - 0 2,977

Na decisão da 80ª edição da Taça de Portugal, o Porto enfrentou um Benfica tímido, desmotivado e, com um a menos, conquistou a Taça de Portugal com dois gols de Mbemba.

Com um jogo bastante equilibrado, mas sem perigo, as duas equipes não conseguiram desenvolver um bom primeiro e os lances de perigo estiveram ausentes. Um jogo que nem parecia uma final.

No começo do jogo, ainda houve algum perigo com Corona recebendo rasteiro perto da entrada da área e chutando no canto do gol de Odysseas, que faz uma bela defesa.

Jogadores como Pizzi não apareceram e fizeram bastante diferença em um jogo onde a mínima diferença de qualidade seria a resposta.

Aos 37 minutos, o Porto ficou com um jogador a menosLuis Díaz, que já havia recebido cartão amarelo, fez falta duríssima e foi expulso após entrada em Almeida

E como se já não fosse um fato ruim para o Porto, seu técnico também foi expulso.  Sérgio Conceição reclamava a cada falta contra sua equipe e o juiz não quis saber: o técnico saiu de campo esbravejando com o bandeirinha.

O primeiro tempo chega ao fim com quase zero chances de gol e um Porto com 10 jogadores e sem técnico. Um cenário nada otimista.

Na volta do intervalo, já no primeiro minuto, o Porto abria o placar com um gol feito por um erro do goleiro do Benfica. Odysseas sai mal do gol e a bola passa por todos, sobrando para a cabeça de Mbemba colocar a bola pro fundo do gol. Um erro e um gol.

E dez minutos depois, o Benfica mostrou que não aprendeu a lição e levou o segundo gol por conta de mais um erro da equipe. Em falta cruzada na área, Mbemba aparece sozinho na entrada da pequena área e joga para o fundo do gol. Doblete do zagueiro na final.

Com 2 a 0 no placar, o Porto resolveu se fechar para receber os ataques do nada inspirado Benfica. E a tentativa de reação apareceu apenas aos 82 minutos com gol de pênalti de Carlos Vinicius

Agora, o Benfica precisava apenas de mais um gol para levar o jogo para prorrogação e quase conseguiu com um belo chute de Jota. Ele chutou de voleio em bola sobrada na meia-lua e a bola carimbou a trave.

O apito final soou e o Porto levantou mais uma taça e fica algo bastante claro: Jorge Jesus vai ter muito trabalho.

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 202 RANK 13
LEITURAS 760K RANK 13
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook