noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

Duelo de gigantes termina empatado em Portugal

Pin Duelo de gigantes termina empatado em Portugal. Captura/VSPORTS
Duelo de gigantes termina empatado em Portugal. Captura/VSPORTS

Duelo de gigantes termina empatado em Portugal

Dilson Cassaro por Dilson Cassaro @besoccerPT - 0 3,574

Pela 14ª rodada da Primeira Liga, os gigantes Porto e Benfica se enfrentaram em um jogo com um gol para cada lado, muito equilíbrio e muitos cartões amarelos. Com o resultado, nenhum dos dois (empatados em segundo lugar) conseguiu aproveitar o tropeço do líder Sporting para colar na liderança.

O maior duelo do futebol em Portugal começou com um retrospecto bastante favorável ao time da casa: na Primeira Liga, das 86 vezes que os dois times se enfrentaram, o Porto venceu 51 jogos, com apenas 14 vitórias do Benfica.

Jorge Jesus veio com um XI surpreendente, optando por Grimaldo como meia e deixando Everton Cebolinha no banco. Uma jogada arriscada do técnico.

O jogo começou bastante equilibrado, com um Mbemba furando um lance logo no começo que poderia dar a vantagem ao time da casa. O Benfica demorou para chegar, com seu primeiro lance a gol apenas aos sete minutos:  Darwin cruzou em linha de fundo para Seferovic, que apareceu na pequena área para desviar, mas a bola acabou saindo dividida por linha de fundo.

Em jogada em equipe, o Benfica mostrou que inovar na escalação valeu a pena:  Seferovic recebeu na entrada da área e escorou com categoria na frente, onde Grimaldo apareceu para tocar na saída do goleiro. Gol do time visitante.

O gol fez com que o Benfica procurasse mais o jogo, mas como clássico é clássico, não poderia ficar muito tempo sem reagir.

E pouco tempo depois, o Porto respondeu com um belo gol. Taremi recebeu de Tecatito no coração da área e chutou colocado no canto do gol. A bola ainda bateu em Marega antes de entrar.

Depois disso, o jogo ficou bastante equilibrado, com direito a uma bomba de Darwin que carimbou a trave do gol de Marchesín e que foi respondido com um lance de Luis Díaz. O jogador roubou a bola, chegou na intermediária e tabelou com Tecatito. Na devolução, Díaz se livrou da marcação e chutou colocado... para fora. A bola passou perto do gol.

Contudo, o 1º tempo chegou ao fim com uma posse de bola de 51% para o Porto e  49% para o Benfica. Um clássico bastante equilibrado.

Na segunda metade, o jogo recomeçou ainda mais pegado e ainda mais equilibrado. Com dificuldade para encontrar espaços, as duas equipes sentiam muita a pressão de ter que ganhar para encostar no líder Sporting.

O jogo passou a ser um show de falta e de cartões, com direito a membro da comissão técnica do Porto levando cartão vermelho e o diretor-geral do Porto, Luís Gonçalves, levando cartão amarelo. João de Deus, treinador-adjunto do Benfica, também levou amarelo.

Taremi também fez uma falta dura com as travas chuteiras diretamento no tornozelo e também foi expulso da partida. Muitos cartões e poucos gols.

Com o resultado, nenhum dos dois (empatados em segundo lugar) conseguiu aproveitar o tropeço do líder para colar na liderança.

Dilson Cassaro

Dilson Cassaro

noticias 324 RANK 12
LEITURAS 1M RANK 12
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook