noscript image

Do flerte com o Corinthians até o sonho de brilhar na Europa pelo Ludogorets

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,089

Pin Do flerte com o 'Timão' ao sonho Europeu. Goal
Do flerte com o 'Timão' ao sonho Europeu. Goal

Do flerte com o Corinthians até o sonho de brilhar na Europa pelo Ludogorets

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,089

Em entrevista exclusiva, Cicinho garantiu que a equipe búlgara almeja voos mais altos no certame continental.

Nos últimos anos, o Ludogorets, da Bulgária, tornou-se um destino comum para alguns jogadores brasileiros que buscam um lugar de destaque no futebol europeu. Tudo isso graças à participações constantes nos principais torneios do continente.

Considerando a fase qualificatória para a Champions League, o Ludogorets é presença constante nos certames europeus há seis temporadas ininterruptas – inclusive chegando a disputar a fase de grupos do principal certame de clubes do 'Velho Continente' em 2014-15 e 2016-17.

A ascensão rápida no cenário europeu [de um clube que até 2010 vagava nas divisões inferiores da Bulgária] é fruto de um investimento do bilionário Kiril Domuschiev, e despertou o ciúme de Levski e CSKA Sofia, os gigantes locais que sempre dominaram a Bulgária. Afinal de contas, as 'Águias de Razgrad' conquistaram 5 vezes o campeonato local - além de duas copas nacionais.

Cicinho teve participação em 2 dos 5 títulos consecutivos do Ludogorets. O lateral-direito, campeão paulista pelo Santos em 2015, teve que aprender a controlar as subidas ao ataque [comum na cultura do futebol brasileiro] e é peça importante no time. O desempenho foi tão competente que o Corinthians [cujo departamento de análise de desempenho é dos melhores do Brasil] por muito pouco não chegou a contratá-lo. Na verdade, o acerto só não aconteceu por causa do Ludogorets.

“O clube [Ludogorets] não aceitou”, afirmou Cicinho com exclusividade e sem esconder que torceu para defender o 'Timão': “qualquer jogador gostaria de jogar”, revelou. “Na hora eu fiquei bem chateado, mas como não deu certo eu tive que voltar o meu foco para trabalhar aqui. E graças a Deus começamos a temporada bem, e vamos focar para conquistarmos o título novamente aqui”.

Em 2016, Cicinho enfrentou o PSG na Champions League

Além do costume em levantar troféus no âmbito doméstico, é claro que a companhia de outros 8 brasileiros, além da esposa e filhos, ajuda para que a Bulgária tenha um tempero de casa: “Não é onde o brasileiro gosta de vir, mas quando eu cheguei fiquei surpreso com a estrutura que tem. É uma estrutura muito grande, é um time que está crescendo. Desde que o presidente novo assumiu, há seis anos, ele formou boas equipes. São quatro anos de disputa de Champions League e duas – contando essa – de Liga Europa. É uma equipe que está crescendo e tenho certeza que atrai o interesse de outros jogadores”.

“Como fazemos boas campanhas, os grandes clubes da Europa sempre vêm atrás. Então a gente busca estar focado e jogar bem, quando jogamos o campeonato europeu, para que possamos despertar interesse de clubes grandes da Europa”, disse, lembrando a saída do meia-atacante Jonathan Cafú para o Bordeaux, da França.

Mas se não esconde a vontade de seguir caminho parecido ao do ex-companheiro, Cicinho deixa claro que, ao contrário de Cafú, o seu nome não tem nada a ver com o de outro lateral-direito homônimo: “Não tem nada a ver com ele (Cicinho, ex-jogador). Muita gente também acha que o meu nome é Cícero, mas não tem isso não”, diz um bem-humorado Neuciano Gusmão. “Não tem nada a ver com meu nome. Meu avô colocou esse apelido e ficou bem melhor, né? (risos)”.

Com 9 brasileiros, Ludogorets sonha com voos mais altos na Europa

E enquanto não sabe o que o futuro lhe reserva, Cicinho se mantém focado no Ludogorets. Nesta quinta-feira (19), o atual pentacampeão búlgaro faz um jogo importantíssimo na Europa League. Em Portugal, contra o Braga, vai brigar pela vitória que pode ajudar o time no sonho de transformar a supremacia doméstica em poderio europeu

“A gente pegou uma chave muito forte, mas sabemos que temos condições de ir muito longe. Esperamos passar de fase e chegar o mais longe possível. Nossa equipe tem qualidade, e almejamos passar da primeira fase e ver até onde podemos passar”, finalizou.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 28K RANK 1
LEITURAS 93M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook