noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Dois gigantes corroídos pelo tempo

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 6,578

Pin O passar dos anos afeta o Barça e o Real Madrid. BeSoccer
O passar dos anos afeta o Barça e o Real Madrid. BeSoccer

Dois gigantes corroídos pelo tempo

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 6,578

O FC Barcelona e o Real Madrid coincidem em inícios irregulares com jogos apagados, resultados díspares... e padecer de um mal incurável: o passar dos anos.

O tempo é um inimigo implacável e no futebol não poderia ser diferente. Não são poucos os jogadores do Barcelona e do Real Madrid que estão no elenco há dez anos: Benzema, Messi, Ramos, Marcelo, Piqué, Busquets... Lendas que ainda são vitais a suas equipes mas que, ou começam a emitir sinais de decadência ou estão relativamente perto do fim de suas trajetórias.

Um informe do laboratórios de dados do BeSoccer, o 'ProFootballDB', chama a atenção para o envelhecimento que tanto o Barcelona quanto o Real Madrid têm sofrido e igualmente não vem sabendo combater. Basta comparar os dois times há uma década.

No Real Madrid, na atual temporada da Liga, jogaram com mais de 30 anos Sergio Ramos (onze titularidades), Karim Benzema (dez titularidades), Gareth Bale (seis), Marcelo (cinco) e Luka Modric (duas). Há uma década, durante toda a campanha 2009-10, apenas dois jogadores com mais de 30 anos jogaram no clube merengueGuti, com dez titularidades, e Raúl González Blanco, com oito.

No Barcelona a mudança não é tão brusca, ainda que hoje em dia no elenco há mais jogadores fundamentais com mais de 30 do que havia há 10 anos.

Carles Puyol, com 31 titularidades na LaLiga, era o veterano daquele Barcelona (que tinha sua idade máxima em 32,1 anos). Seguido por Xavi, com 16 titularidades (comçou a temporada com 29 anos e por isso esse número aparentemente baixo), Eric Abidal e Thierry Henry com 15, Seydou Keita com onze (outro que começou a temporada com 29) e Rafa Márquez, com sete, segundo a base de dados do ProFootballDB.

Na atualidade azul-graná, são seis os craques com mais de 30 anos. Ivan Rakitic, titular en uma ocasião, contra o Granada. Acima dele estão Gerard Piqué, titular em dez partidas; Luis Suárez, em oito; Sergi Busquets, em sete; Jordi Alba, em seis; Leo Messi, em cinco; e Arturo Vidal, em três. Tanto Alba como Messi sofreram lesões. Facilmente superarão o número de titularidades globais os 'velhinhos' da temporada 09-10.

O tempo não perdoa ninguém e é preciso se adaptar.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 37K RANK 1
LEITURAS 117M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook