noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

"Fiquei na Itália para não colocar a minha família em risco"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 389

Pin Castillejo resolveu ficar na Itália em meio a crise. EFE
Castillejo resolveu ficar na Itália em meio a crise. EFE

"Fiquei na Itália para não colocar a minha família em risco"

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 389

O jogador do Milan, Samu Castillejo voltou a falar sobre como está enfrentando esse dias duros em meio a crise do coronavírus. O jogador ficou na Itália para não colocar a sua família em risco.

O espanhol Samu Castillejo, atacante do Milan, enfrenta a crise do coronavírus isolado em sua casa e distante da sua família, que voltou a Espanha, uma decisão que tomou para 'não colocar em perigo' os seus entes queridos. 

Castillejo, em Milão desde 2018, informou que se sente bem, mas reconheceu que viveu momentos de preocupação quando soube que Paolo Maldini, diretor do clube, e seu filho Daniel Maldini, companheiro de clube, testaram positivo para Covid-19. 

"Fiquei na Itália, principalmente, para não colocar a minha família em risco. A situação não era fácil. Haviam muitos infectados na Lombardia e decidi ficar em Milão", afirmou Castillejo em entrevista a televisão italiana 'Sky Sport'. 

"Minha família está bem, está em casa. Estão preocupados comigo, porque estou aqui, sozinho, em Milão. Espero que tudo isso passe o mais rápido possível, principalmente para voltar a ter minha família por perto", completou. 

O espanhol revelou que conversou com o seu companheiro Daniel Maldini, um dos positivos no clube, e que o jovem atacante não apresenta sintomas. 

"Fiquei preocupado quando soube que (Paolo e Daniel Maldini) testaram positivo. Falei com Daniel, não tem sintomas e estou feliz por ele. Certeza que se recuperará bem", disse o ex-Málaga e Villarreal.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 44K RANK 1
LEITURAS 133M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook