noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo App Huawei

"Há vários jogadores com desconforto, um deles é Messi"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 9,176

Pin Koeman falou antes da semifinal da Supercopa da Espanha. Captura/RFEF
Koeman falou antes da semifinal da Supercopa da Espanha. Captura/RFEF

"Há vários jogadores com desconforto, um deles é Messi"

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 9,176

Ronald Koeman, treinador do Barcelona, falou em coletiva de imprensa antes da semifinal da Supercopa da Espanha contra a Real Sociedad. O técnico garantiu que será um duelo interessante contra os de Imanol Alguacil.

Barcelona tem pela frente um duro jogo contra a Real Sociedad na semifinal da Supercopa da Espanha e, depois de De Jong ter falado, foi a vez do treinador Ronald Koeman. Ele analisou os rivais e comentou um pouco sobre a atualidade do clube azul-grana.

"É um rival forte, uma equipe que quer jogar, que quer pressionar. O treinador tem ideias muito claras e o jogo estava bom, interessante, acredito que os primeiros 45 minutos do Barça nesse jogo foram fantásticos com resultado a favor", disse sobre a última partida da LaLiga.

"As quatro equipes que participam nas semifinais tem a mentalidade vencedora. Nós também e queremos continuar com a imagem que estamos passando ultimamente. Em todos os aspectos estamos crescendo. É uma boa oportunidade de demonstrar que estamos no caminho certo", acrescentou.

Sobre Messi e os lesionados do elenco, ele disse: "Há vários jogadores com incômodos, um deles é Leo, por isso fizemos a substituição, como com Frenkie. Parece que todos estão disponíveis. Araújo também".

"Acho importante ter tudo em seu lugar em um clube como o Barcelona. A única chave é que estamos em um mundo no qual há a questão o COVID-19 e, se precisar adiar... a saúde é o mais importante. Temos que fazer o máximo para voltar a viver normalmente. Isso sim é o mais importante", explicou sobre o fato de Laporta querer que as eleições para presidente do Barça aconteçam o quanto antes.

"Para nós, é importante porque somos pessoas acostumadas a lutar para ganhar as coisas, ganhar coisas importantes. Claro que não é o troféu mais importante porque há a LaLiga, Champions e Copa, mas temos a mentalidade como em qualquer jogo que enfrentamos de dar o máximo. Tentamos jogar com nosso melhor time para estar na final. É o primeiro passo", respondeu após ser perguntado sobre a importância da Supercopa.

"Realizou seu programa individualmente. A princípio, treina e, bom, é preciso esperar sua resposta ao treino, mas tenho confiança em que ele possa estar, mas nos falta um treino para estarmos seguros e saber se ele está 100% para entrar em jogo", explicou em relação a Araujo.

A Supercopa é o que o Barça precisa para alavancar de vez? "Eu não acho. O futebol é tão esquisito que às vezes parece que você está bem ou está ganhando todos os jogos e pode mudar rapidamente e claro que é certo, é verdade, que nos dá uma plena confiança, mas não é preciso falar antes da primeira semifinal sobre ganhar o título. É preciso ir passo a passo e, se tivermos a chance, ganhar o jogo do domingo (a final)".

"Ultimamente, a equipe está confiante, concentrada em cada jogo que jogamos. Temos melhorado nesse sentido. A equipe, quando não está com a bola, está unida, sem deixar muitos espaços. Ao contrário, estamos melhorando em muitas coisas, sobretudo em nosso jogo porque as qualidades do meio-campo nos tornam perigosos, pois estamos chegando mais do que antes. Em outros confrontos, jogamos com um falso 9. A diferença agora é que os jogadores têm mais confiança", analisou sobre seu esquema tático.

Barcelona Real Sociedad semifinal Supercopa Espanha

Sobre se ele vê sua equipe como a favorito, garantiu: "Não acho. Como disse antes, não depende da situação do time ultimamente. Custa mais acreditar, tenho visto vários jogos deles e são um dos melhores do campeonato futebolisticamente falando. Pode ser que o Barça ultimamnete conquiste pontos, mas não há um favorito claro para a Supercopa".

"Não gosto de falar antes de termos jogados um jogo da semifinal. Acho que é preciso ganhar e logo falar sobre quem pode ser o rival. Há muitas perguntas que não se podem responder porque, primeiro, é preciso trabalhar bem e encarar o jogo, que não é fácil. Temos que estar bem. Espero que ganhemos, mas temos que fazer um bom jogo para ganhar da Real", disse ele após ser perguntado sobre uma possível final contra o Real Madrid.

"Não sei, honestamente, já disse várias vezes que estamos preparados, sabemos o que queremos... então, é esperar para ver a questão do novo presidente e, bom, acho que também não é o momento de focar nesse assunto porque sou o treinador e não decido essa área. Eu tenho é que preparar o jogo", disse sobre o mercado de transferências.

"Primeiro, depende dos jogadores e se todos estão bem para jogar o jogo... muita coisa pode mudar. Vamos fazer o máximo, há competição no elenco, mas, primeiro, é preciso esperar e ver se todos estão disponíveis", concluiu Koeman sobre os jogadores disponíveis.

messi koeman barcelona supercopa

BeSoccer

BeSoccer

noticias 61K RANK 1
LEITURAS 163M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook