noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Liverpool começa bem e Fabinho se destaca na zaga sem Van Dijk

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 666

Pin Liverpool começa bem e Fabinho se destaca na zaga sem Van Dijk. EFE
Liverpool começa bem e Fabinho se destaca na zaga sem Van Dijk. EFE

Liverpool começa bem e Fabinho se destaca na zaga sem Van Dijk

BeSoccer por BeSoccer @besoccerPT - 0 666

Defensor brasileiro foi vital para a suada vitória do time de Jürgen Klopp, que só venceu graças a um gol contra.

O Liverpool tinha uma difícil missão: vencer o Ajax em Amsterdam sem poder contar com vários jogadores importantes. O time de Jürgen Klopp contou com um gol contra para cumprir a missão e arrancou na Liga dos Campeões com o pé direito. O brasileiro Fabinho foi um dos destaques do jogo ao substituir o zagueiro Virgil Van Dijk e mostrou que há esperança de uma boa campanha mesmo sem seu capitão e principal jogador.

O duelo entre ingleses e holandeses talvez fosse o jogo que criou maior expectativa nessa primeira rodada da Champions League. Olhando apenas o que foi apresentado dentro de campo, não é exagero dizer que a performance dos dois times foi decepcionante. O Liverpool deixa a Holanda como vencedor pelo placar mínimo, com gol contra de Tagliafico.

Fabinho chegou ao Liverpool no início da última temporada e demorou para estrear. Porém, quando já estava apto jogou e se tornou peça importante para Klopp. O brasileiro se mostrou extremamente útil, dentre outras coisas, pela sua versatilidade e isso foi comprovado mais uma vez nessa quarta-feira (21).

Atuando como zagueiro, Fabinho fez uma partida muito segura e conseguiu evitar que os Reds tivessem sua meta vazada. Em um lance digno de nota, o camisa 2 salvou um chute de Tadic exatamente em cima da linha. Seria o empate do Ajax, mas o polivalente jogador impediu. 

Falando em números, o ex-Monaco realizou nove cortes, travou um chute, realizou quatro desarmes e mais quatro interceptações. Como se não bastasse, o brasileiro não sofreu nenhum drible em mais de 90 minutos em campo.

A atuação de Joe Gómez também foi elogiada, embora exista já uma certa desconfiança sobre ele, por ter participado diretamente do vexame contra o Aston Villa, que goleou os Reds por 7 a 2 na Premier League.

A vitória contra a ofensiva equipe holandesa serve para levantar o ânimo do Liverpool. Depois da goleada sofrida, os Reds não saíram do empate com o Everton e agora se recuperam com uma suada (e nada bonita) vitória sobre um dos mais importantes clubes europeus. 

Jogos fora de casa têm sido um tormento para o Liverpool nos últimos anos, pelo menos na Europa. Os Reds perdeu oito dos últimos 14 jogos fora de casa em competições europeias e ficou apenas um jogo sem sofrer gols nas últimas 12 partidas. Algo que nem Van Dijk (considerado por muitos o melhor zagueiro do mundo) conseguiu fazer, Fabinho foi e fez com maestria.

"Ele é um grande jogador. E grandes jogadores se adaptam. Ele já jogou ali antes e o fez muito bem. Incrível aquele corte [em cima da linha]". Foi assim que James Milner, companheiro de Fabinho, se referiu ao jogo do brasileiro.

O Liverpool sofrerá sem Van Dijk, mas as exibições recentes de Fabinho "improvisado" deixam claro que ele pode ser um dos responsáveis por minimizar esse sofrimento que deve durar alguns bons meses.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 59K RANK 1
LEITURAS 159M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook