noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Sterling: melhor jogador ofensivo da Europa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,617

Pin Sterling: melhor jogador ofensivo da Europa. Goal
Sterling: melhor jogador ofensivo da Europa. Goal

Sterling: melhor jogador ofensivo da Europa

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 1,617

Em ranking que conta gols, assistências e chances criadas, o craque do Manchester City aparece em destaque

Algo que é evidente para quem acompanha os jogos do Manchester City fica ainda mais claro ao analisar as estatísticas: Raheem Sterling está fazendo um começo de temporada imparável. Seja dentro de campo na Premier League, na Liga dos Campeões ou pela Seleção Inglesa, ou fora das quatro linhas na luta contra o racismo, Sterling vem sendo espetacular.

Raheem Sterling evidentemente tem seus talentos amplificados pelo sistema ofensivo de Pep Guardiola no City, sim, mas seu desempenho individual é notável. Usando estatísticas providenciadas pela Opta, tentamos comprovar isso.

'Goal' analisou todos os jogadores das cinco principais ligas europeias (Premier League, La Liga, Bundesliga, Ligue 1 e Serie A) e descobriu que o inglês domina todas as categorias: é o atleta com mais gols na temporada, está empatado como o terceiro com mais assistências e chances criadas. Na estatística que junta todas esses números, ele é o primeiro, com 41 participações.

Ao analisar de uma maneira mais profunda esse dado, é notável a vantagem de Sterling diante dos concorrentes. O segundo lugar na lista é Kostic Filip, do Eintratch Frankfurt, com 40 participações, mas que já tem dois jogos a mais que o inglês. O terceiro é Ángel Di Maria, com 38 participações e uma partida a mais, enquanto joga uma liga muito mais fraca que a Premier League, onde o PSG é indiscutivelmente a melhor equipe.

Se dividirmos esse número de 41 participações pelo número de jogos, para encontrar uma média (gols + assistências + chances criadas/jogos), Sterling fica em quarto, com 3,15, e 13 jogos. Seus concorrentes diretos são Islam Slimani, do Monaco, Santi Cazorla, do Villarreal, e Ciro Immobile, artilheiro da Serie A pela Lazio. 

Os três concorrentes tem menos de dez partidas, e consequentemente, números mais voláteis, que tendem a se estabilizar quando os atletas atuarem em mais jogos. Slimani, líder, com um número incrível de 3,57 participações por jogo, por exemplo, atuou em apenas sete confrontos com o Monaco.

Mesmo com os números absurdos de Sterling nesse começo de temporada, ele ainda parece estar um pouco distante de alcançar um jogador em especial: O Lionel Messi de 2018-19. Nessa mesma estatística, no ano passado, o argentino fez 3,84, com 51 gols em 50 partidas, além de ter distribuído 19 assistências. Não é a toa que Messi acabou vencendo o The Best Fifa como melhor do mundo, nesta temporada que passou.

Neste ano, o argentino sofre com lesões e ainda não atuou o suficiente para estar na lista. No entanto, no ano passado, Messi foi de longe o destaque nas estatísticas. Será que se Sterling manter o excelente desempenho, sua temporada poderia ser coroada com a Bola de Ouro ou com o Melhor do Mundo da Fifa? É claro que ainda é muito cedo pra apostar, mas se o inglês continuar nesse ritmo, ele certamente será um fortíssimo candidato.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 36K RANK 1
LEITURAS 117M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook