noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

River aguenta pressão, segura vantagem e vai à final

Pin River aguenta pressão, segura vantagem e vai à final. EFE/Juan Ignacio Roncoroni/Archivo
River aguenta pressão, segura vantagem e vai à final. EFE/Juan Ignacio Roncoroni/Archivo

River aguenta pressão, segura vantagem e vai à final

Daniel Fraga por Daniel Fraga @besoccer_es - 0 1,227

Após vencer a primeira partida em casa por 2 a 0, o River Plate visitou a Bomboneira pronto para enfrentar 90 minutos de pressão. Apesar da derrota por 1 a 0 com gol de Hurtado, o time de Marcelo Galhardo garantiu sua vaga na final da Copa Libertadores da América.

Após um atraso de 15 minutos para a retirada dos papéis jogados ao campo durante a festa da torcida, o clássico decisivo começou muito intenso na Bomboneira.

Com a novidade de Carlitos Tévez entre os titulares e usando a braçadeira de capitão, o Boca Juniors entrou com uma postura mais ofensiva. Com esse espírito, foram os anfitriões que ocuparam mais o campo de ataque e chegaram mais vezes à área do adversário.

O time do técnico Gustavo Alfaro demonstrou mais vontade, mas ficou evidente a falta de criatividade e eficiência. As tentativas se baseavam em bolas cruzadas sem sucesso.

River Plate equilibrou a posse de bola ao longo da etapa inicial, mas levou perigo em poucos momentos, com chances que saíram dos pés de De La CruzFernández e Borré.

O lance mais perigoso do primeiro tempo veio dos anfitriões em uma das diversas bolas alçadas na área. Após cobrança de falta vinda da direita com Alexis, a bola sobrou na área para Sálvio, que empurrou para dentro, mas a arbitragem viu toque de mão de Más e anulou o gol.

Foto: Twitter/CONMEBOL

No segundo tempo, o Boca Juniors manteve o ímpeto e a pressão, mas o placar só foi aberto aos 79 minutos, graças a uma substituição que recém havia sido feita.

Poucos minutos depois de entrar no lugar de Ábila, Hurtado justificou a escolha do treinador. Após cobrança de Mac Allister, a bola ficou viva dentro da área até que o atacante empurrou para dentro do gol de Armani.

A pressão persistiu nos últimos minutos, mas não voltou a superar o bloqueio defensivo da equipe de Marcelo Galhardo.

Após 90 minutos de pressão, o River Plate manteve a vantagem, garantiu a vaga e espera o adversário, que será definido na partida desta quarta-feira entre Flamengo e Grêmio, que se enfrentarão no Maracanã às 21h30 (horário de Brasília).

A final está marcada para 23 de novembro, em partida única no Estádio Nacional de Santiago do Chile.

Daniel Fraga

Daniel Fraga

noticias 214 RANK 12
LEITURAS 762K RANK 12
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook