noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Se não há Thomas, não há Atlético

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 986

Pin Se não há Thomas, não há Atlético. EFE/ Rodrigo Jiménez
Se não há Thomas, não há Atlético. EFE/ Rodrigo Jiménez

Se não há Thomas, não há Atlético

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 986

Thomas Partey voltou a fazer grande atuação com o Atlético de Madrid. Seu trabalho no meio de campo foi fundamental para que a equipe saísse com o resultado que precisava contra o Lokomotiv.

Com 99 passes (91,7% de sucesso) e nada mais e nada menos que 13 roubadas de bola, Thomas Partey foi novamente a peça fundamental em grande parte do jogo do Atlético.

A equipe colchonera muda completamente quando o ganês está em campo, entre outras coisas, porque ele libera seus colegas de uma grande carga de trabalho graças ao seu ótimo físico.

Cholo sabe que é uma peça fundamental da equipe e o jogador foi capaz de responder ao que seu treinador pediu. Ele se impôs, demonstrando que mais uma vez suas habilidades são vitais no jogo proposto pela equipe de Madrid.

No momento, Thomas jogou praticamente tudo: 20 jogos e 17 deles como titular, permanecendo assim como uma das máquinas rojiblanca.

Está se tornando cada vez mais necessário fechar a renovação do meio-campista. O jogador de Odumase Krobo tem contrato até 2023 e uma cláusula de 50 milhões, mas já existem várias equipes interessadas em contar com ele.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 40K RANK 1
LEITURAS 125M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook