noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Uruguai goleia Equador em noite de ataque completo e Mineirão vazio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,302

Pin Uruguai goleia Equador em noite de ataque completo e Mineirão vazio.
Uruguai goleia Equador em noite de ataque completo e Mineirão vazio.

Uruguai goleia Equador em noite de ataque completo e Mineirão vazio

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 4,302

Cavani fez golaço, Suárez deixou o seu e Lodeiro teve grande exibição no triunfo por 4 a 0

O Uruguai encerrou o final de semana de jogos da Copa América com goleada neste domingo (16): 4 a 0 sobre o Equador. Foi o melhor desempenho de um time na competição até o momento, e em uma partida tida como tecnicamente mais equilibrada – ou menos desequilibrada envolvendo os favoritos ao título. Isso porque nesta segunda-feira (17) o Chile, atual bicampeão, enfrenta um Japão repleto de jogadores mais jovens.

Individualmente, Nico Lodeiro foi quem mais decidiu na seleção que tem como estrelas Luis Suárez e Edinson Cavani: abriu o placar com um golaço, sofreu a falta que resultou na expulsão [com auxílio do VAR] de Quintero e, após bela troca de passes de cabeça testou para Cavani fazer mais um belíssimo gol, de voleio. O 3 a 0 que encerrou o primeiro tempo também contou com participação do ex-jogador de Botafogo e Corinthians, atualmente no Seattle Sounders dos EUA: ele tocou para Cáceres, que serviu Suárez.

Na segunda etapa, disputada já em outro ritmo, Arturo Mina estufou as próprias redes e transformou a grande vitória em goleada. O resultado mais elástico até o momento nesta Copa América e que teve como protagonista o ataque do time treinado por Óscar Tabárez: dentro do 4-4-2 com variação para 4-2-3-1 [com Cavani atrás de Suárez, Lodeiro e Nández abertos] somente Nández, de apenas 23 anos e com muito caminho para evoluir, não rendeu tanto.

Os uruguaios terminaram a semana como time que mais finalizou certo [7 e uma bola na trave] e que mais balançou as redes nesta Copa América. Um cartão de visitas dado com golaços e segurança. De negativo, somente mais um péssimo público presente. Foram pouco mais de 13 mil ao maior estádio de Belo Horizonte, mais próximo aos piores públicos que recebeu no Campeonato Mineiro do que dos maiores números recebidos pelo Gigante da Pampulha em 2019.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 31K RANK 1
LEITURAS 102M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook