noscript image

Exposição explora a diversidade da Champions

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 692

Pin Exposição interativa do Santander explora a diversidade da Champions. Goal
Exposição interativa do Santander explora a diversidade da Champions. Goal

Exposição explora a diversidade da Champions

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 692

Torneio europeu teve atletas de 102 países na edição 2018-19; mostra interativa acontece no Farol Santander no centro de SP.

Foi apresentada à imprensa nesta terça-feira (23) em São Paulo a exposição "Deu Liga", uma montagem organizada pelo Banco Santander sobre a diversidade na UEFA Champions League, o maior torneio de clubes do mundo que está agora em sua fase semifinal. O banco é patrocinador do campeonato.

Em um andar recém-inaugurado do Farol Santander, prédio icônico do centro de São Paulo, a exposição explora o lado global de um torneio continental: nada menos que 102 países estão representados por atletas nos times europeus que disputaram a edição 2018-19 da Champions League.

A informação surpreendente não estava disponível por aí, mas o eterno curioso Marcelo Duarte correu atrás. Responsável pelo conteúdo da exposição, o jornalista diz que passou três noites inteiras no site da UEFA buscando jogador por jogador de todos os elencos para saber de onde eles eram. "O Brasil é o terceiro país com mais jogadores, só atrás de Espanha e França", revelou.

Curador da exposição, Leonel Kaz, que trabalhou também na curadoria do Museu do Futebol, disse que a ideia da mostra foi explorar a diversidade que o campeonato ganhou ao longo dos anos: "A última Copa do Mundo teve, contando naturalizados, 48 nacionalidades representadas, é menos da metade de uma Champions League". 

Marcelo Duarte ainda reforça que alguns grandes atletas como o liberiano George Weah e o galês Gareth Bale vêm de países sem tradição no futebol e por isso não disputam a Copa, então para eles a Champions League é o grande evento internacional a ser disputado. "O futebol aproxima os diferentes aspectos culturais e políticos dos países", explica Kaz.

Ao chegar à exposição o visitante percebe o tamanho da diversidade ao passar por um mar de bandeiras que vão do teto ao chão, formando quase um labirinto. Já dentro é possível ver um telão que mostra fotos dos 16 times que participaram do mata-mata da Champions League deste ano, uma animação indica de que país cada atleta veio.

Há ainda um balcão com um mapa e botões com os escudos de todos os times da Champions League 2018-19. Ao apertar um escudo, o mapa brilha indicando os países de origem dos jogadores que defendem a equipe, é uma prova visual e impressionante da abrangência global do torneio.

A exposição conta ainda com camisas autografadas de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, uma TV com 30 minutos de grandes lances da história da Champions League e algumas telas interativas com curiosidades, história, recordes e números do torneio. Há ainda um aparelho que oferece a deficientes visuais a chance de sentir pelo tato, aliado com uma boa narração, alguns gols marcantes desta edição da Champions League. A taça da Champions League será exposta no local durante um dia, em maio.

"É uma exposição para todos os gostos, de quem acompanha pouco a Champions League e quer entender até quem já conhece bastante e buscar mais dados e curiosidades", afirma Marcelo Duarte.

Ainda nesta terça-feira um evento com o atacante Ronaldo irá abrir a exposição para convidados.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 28K RANK 1
LEITURAS 94M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook