noscript image
GooglePlay Logo AppStore Logo Uptodown Logo

Jesus inferniza o Real Madrid em sua maior noite europeia

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 747

Pin Jesus inferniza o Real Madrid em sua maior noite europeia. Goal
Jesus inferniza o Real Madrid em sua maior noite europeia. Goal

Jesus inferniza o Real Madrid em sua maior noite europeia

BeSoccer por BeSoccer @besoccer_com - 0 747

O atacante desempenhou funções diferentes e foi decisivo na vitória do City sobre o Real Madrid, pela Champions League.

A escalação de Pep Guardiola para o duelo contra o Real Madrid, o de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, surpreendeu por algumas razões. Duas delas envolveram Gabriel Jesus, que foi titular e deixou Sergio Aguero no banco, mas atuou boa parte do tempo, especialmente sem a bola, na ponta-esquerda, enquanto o português Bernardo Silva foi um falso centroavante.

Atuar pelas pontas não é novidade para Jesus, que exerceu esta função em seus primeiros jogos pelo Palmeiras e também já atuou assim por seleção brasileira e pelo próprio City. Dentro do Bernabéu, não facilitou a vida de Carvajal, lateral-direito da equipe espanhola.

Mas não há dúvidas que a posição onde sente-se mais confortável é como referência de ataque. E foi justamente quando Guardiola fez, no segundo tempo, alterações no time, recolocando Gabriel como atacante mais avançado, que o jogador decidiu a favor dos ingleses, que venceram por 2 a 1 de virada dentro do Santiago Bernabéu.

Todos os gols aconteceram no segundo tempo: Isco abriu para o Real Madrid, aproveitando assistência de Vinícius Júnior, que antes ainda havia recuperado a posse de bola.

A superioridade apresentada até então não havia sido suficiente para o City, mas aí Sterling, que se recuperava de lesão, entrou no lugar de Bernardo Silva e passou a ocupar o flanco esquerdo de ataque. Foi também por ali que o belga Kevin De Bruyne deu uma linda assistência para Gabriel Jesus, aos 78’, empatar de cabeça. De Bruyne virou o jogo logo depois, convertendo pênalti sofrido por Sterling.

Mas Gabriel Jesus voltou a aparecer com destaque, sofrendo a falta que culminou no cartão vermelho dado ao zagueiro Sergio Ramos, que desta forma fica suspenso para o duelo de volta, que será realizado em 17 de março no Etihad Stadium. Uma baixa e tanto para os espanhóis.

No jogo em que infernizou a defesa madridista, decidindo com gol e ainda tirando Sergio Ramos do tabuleiro, Gabriel Jesus chegou a 18 gols contando todas as competições desta temporada. Nenhum brasileiro balançou as redes mais vezes.

BeSoccer

BeSoccer

noticias 44K RANK 1
LEITURAS 134M RANK 1
Mais notícias do autor

Follow BeSoccer on Facebook